https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/09/Janaina-Riva-10-2019-JL-Siqueira-e1559597371830-990x556.jpg

ASSALTO NO SANTA ROSA

Deputada revela momentos de terror após roubo em residência

Divulgação

A deputada estadual Janaína Riva (MDB) se posicionou na noite desta terça-feira (24) sobre o assalto em que foi feita refém, junto com o marido Diógenes Fagundes. Na madrugada desta terça-feira (24), a parlamentar, seu marido Diógenes Fagundes e seus dois filhos foram feitos reféns por dois bandidos que invadiram a residência e roubaram mais de R$ 40 mil, além de celulares do casal.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, a parlamentar considerou o episódio como uma “situação de desespero”. “Vocês viram que nossa casa foi invadida por duas pessoas armadas”, contou a parlamentar. “Felizmente estávamos só nós dois em casa. Graças a Deus as crianças não estavam”, complementou Diógenes.

Janaína agradeceu as mensagens de apoios de amigos, familiares e eleitores. Também fez uma menção honrosa às Polícias Militar e Civil do Estado. “Logo depois que tudo aconteceu, a Polícia Militar veio de pronto, procurou os bandidos e eles já estão presos”.

Janaína e Diógenes disseram que o episódio ocorrido na véspera de Natal foi importante para uma reflexão e utilizaram um ditado popular comemorar o fato de não terem sofrido nenhum tipo de violência mais grave. “Vão os anéis e ficam os dedos”, citaram.

PRISÃO DOS CRIMINOSOS

Três pessoas, sendo duas mulheres, foram presas suspeitas de participarem do assalto a casa da deputada estadual Janaína Riva (MDB) na manhã desta terça-feira (24). A infomação é de que R$ 42 mil roubados na casa da parlamentar foi recuperada.

Após o roubo, a equipe do 10º Batalhão da PM prendeu um suspeito com tornozeleira eletronica. Trata-se de Wesley Tiago Arruda da Silva, que os policiais localizaram por meio do sistema de rastreamento de um dos celulares roubados na casa.

Na casa onde estava Wesley, havia outras três pessoas: um homem, identificado como E.M.S.A., e duas mulheres: L.S.A., e M.M.S. No celular de um dos suspeitos, uma mulher ostenta a grande qunatia em dinheiro roubada na casa da deputada.

Até o momento, apenas a participação de Wesley no assalto está confirmada. O envolvimento dos demais ainda será apurado, mas eles podem responder por terem cedido a casa para o criminoso se esconder.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 25 de dezembro de 2019 às 14:56:12