https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/12/b60ee6a82f8ef1806d790bc90daa50f5.jpg

OPERAÇÃO CLEANUP

Câmara de VG exonera 2 servidores ligados a quadrilha de traficantes

Reprodução

A Câmara Municipal de Várzea Grande exonerou o servidor Enivaldo Barbosa da Silva, preso durante a operação Cleanup, deflagrada no último dia 19 pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE). O ato foi publicado na segunda-feira passada, dia 23.

Nomeado desde fevereiro de 2017 com salário de R$ 1 mil na função de assessor no gabinete do vereador Ícaro Reveles (sem parido), o servidor foi acusado pela DRE de envolvimento com uma quadrilha de traficantes de Várzea Grande.

Também foi exonerada, na terça-feira (24), a servidora Elaine Missias Fortunato, que recebia o salário de R$ 1,1 mil como assessora especial.

Ela é esposa de Lauriano Cruz, o Coró, suspeito de liderar um grupo de traficantes na cidade e que se encontra foragido, conforme a DRE.

Elaine estava lotada desde o último mês de agosto no gabinete do vereador Jânio Calistro (PSD), que foi preso na Operação Cleanup, suspeito de estar associado ao grupo criminoso, responsável pelo controle do tráfico de drogas em Várzea Grande.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *