https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/01/483.jpg

PARALISAÇÃO A VISTA

Médicos do Estado convocam assembleia e avaliam deflagrar greve

Reprodução

O Sindicato dos médicos do Estado de Mato Grosso (Sindimed-MT) convocou os servidores para uma assembleia no dia 15 deste mês, com uma das principais pautas, a deliberação de uma possível greve no Estado. O chamamento circula no Diário Oficial do Estado.

 

Os médicos cogitam aderir à greve, caso não haja atendimento às suas demandas.

Os servidores de Cuiabá já tinham anunciado a possibilidade e agora o movimento ganha força com a adesão dos profissionais contratados pelo governo estadual.

Serão discutidos na Assembleia geral concursos, condições de trabalho, terceirização dos trabalhos médicos e também o reajuste da contribuição previdenciária, que deve subir de 11% para 14%.

Na quarta-feira (15) os médicos de Cuiabá se reúnem em Assembleia para discutir a possibilidade de greve.

Eles reclamam de falta de condições de trabalho, pagamento incompleto do décimo terceiro salário e terceirização dos serviços médicos.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 7 de janeiro de 2020 às 11:57:02
  • 7 de janeiro de 2020 às 11:46:48