https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/10/almt-1-785x466.jpg

VEJA OS VOTOS

AL aprova por 14 a 9 a Reforma da Previdência em primeira votação

Reprodução

O projeto do Executivo que aumenta a alíquota da Previdência de 11% para 14%, foi aprovado em primeira votação, pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), na sessão noturna desta quarta-feira (8). Foram 14 votos favoráveis contra nove contrários, e uma ausência, a deputada estadual Janaína Riva (MDB), por motivos médicos.

Os deputados que votaram a favor do projeto foram: Eduardo Botelho (DEM); Dilmar dal Bosco (DEM); Wilson Santos (PSDB); Carlos Avalone (PSDB); Romoaldo Junior (MDB); Sílvio Favero (PSL); Dr. Eugênio (PSB); Dr. Gimenez (PV); Faissal Calil (PV); Valmir Moretto (PRB); Ondanir Bortolini (PSD); Xuxu Dalmolin (PSC); Sebastião Rezende (PSC); Ulysses Moraes (DC)

Os que votaram contra foram: Paulo Araújo (PP), Lúdio Cabral (PT), Claudinei Lopes (PSL), Elizeu Nascimento (DC), Thiago Silva (MDB), Valdir Barranco (PT), João Batista (Pros), doutor João (MDB) e Max Russi (PSB).

O projeto será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), antes de ser votada definitivamente pelo plenário da casa.

A votação pode ficar para a próxima semana. Isso porque, o deputado Lúdio Cabral (PT), membro da CCJ, já anunciou que irá fazer pedido de vistas na comissão.

A principal discussão em torno do projeto diz respeito a taxação de aposentados e pensionista. Atualmente, quem ganha até o teto do INSS, de pouco mais de R$ 6 mil, está isento de contribuir com a Previdência estadual.

A proposta do Governo era baixar essa isenção para um salário mínimo. Após muita articulação, a isenção “subiu” para 2 salários mínimos, o que não satisfez os deputados.

Votação 

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 9 de janeiro de 2020 às 14:13:48
  • 9 de janeiro de 2020 às 13:58:40