ACOMPANHE A NOVELA

Abílio diz que a servidora Elizabete confessou que não esteve na casa do Juca do Guaraná

DA REDAÇÃO / LEONARDO MAURO
[email protected]

Revira volta, o vereador Abílio Júnior (PSC) disse após seu depoimento na Delegacia Fazendária da Polícia Civil na tarde desta sexta-feira (17), que a servidora pública Elizabete Maria de Almeida, não esteve presente na confraternização, na casa do vereador Juca do Guaraná Filho (Avante).

“Eu tive acesso à cópia integral do processo como parte. O que a Elizabete disse, ela reafirmo, ela não veio aqui falar que o Abílio armou alguma coisa, não tem nada no documento que fale isso, a Elizabete reafirmou, e disse que quem esteve lá era chefe dela”, falou Abílio.

Em novembro do ano passado, a servidora acusou o prefeito de comprar vereadores para votarem pela cassação do vereador Abílio Júnior (PSC), que tem uma Comissão Parlamentar de Inquérito aberto para investiga-lo, na Comissão de Ética na Câmara.

No entanto, após repercussão do caso, a servidora prestou depoimento à  Delegacia de Combate aos Crimes de Corrupção (Deccor) na terça-feira (7), e teria desmentido as acusações feitas inicialmente. Ainda segundo ela, a armação teria tido a participação do vereador Abílio.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *