https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/01/WhatsApp-Image-2020-01-17-at-12.05.28.jpeg

EM CUIABÁ

Mãe descontrolada se tranca em apartamento e ameaça jogar filha de prédio

Reprodução

Na manhã desta sexta-feira (17), uma mulher se trancou com a filha de cinco anos, dentro do quarto de um apartamento no Edifício Jardim Beira Rio, em Cuiabá, próximo à faculdade Unic, e ameaçou jogar a menina do prédio. A negociação durou algumas horas.

Com histórico de depressão ela ficou fora de controle. O motivo seria uma desavença familiar. A Polícia Militar informou que foi ao local na tentativa acalmar e convencer a mulher a sair do quarto, mas não obteve êxito, sendo necessário o auxílio do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) para acalmá-la.

O avô da criança foi quem acionou o conselho tutelar, e informou que tentou acessar o prédio, mas não foi autorizado e por já ter tido outras experiências parecidas, preferiu acionar o conselho.

Equipes da Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam), do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foram acionados.

Sendo assim, a guarnição do oficial de área se dividiu em duas, ficando a soldado Jessyca Duarte tentando verbalizar com a moradora pela porta, para manter a atenção dela, e o tenente Yohann, Soldado Jonas e Soldado Alexandre armaram uma linha de rapel do 5º andar para poder acessar a sacada do apartamento no 3º andar.

Após o acesso pelo rapel, a porta do apartamento foi aberta e o restante da guarnição adentrou. A moradora estava dentro de um quarto, com a porta fechada, porém, não estava trancada. A soldado Jessyca Duarte foi quem manteve o contato com a moradora e que neutralizou a situação.

A mãe não ofereceu resistência, passou por um atendimento pelo Samu e foi medicada. A criança foi conduzida pelo conselho tutelar.

Veja o vídeo da negociação:

 

 

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 17 de janeiro de 2020 às 15:07:27