https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/01/637f66cbdf458c1ba7e90fae39cc1b67.jpg

'BRUNO NÃO'

Mulheres realizam manifestação contra a contratação de Bruno pelo Operário

Reprodução

Uma grande manifestação com carro de som e dezenas de mulheres que se reuniram na noite desta terça-feira (21), usando roupas pretas, na frente ao estádio Dito Souza, em Várzea Grande, e protestaram contra a contratação do goleiro Bruno Fernandes, que deve ser oficializada pelo Operário Várzea-grandense nos próximos dias.  

O protesto iniciou momentos antes da partida de estreia do clube no Campeonato Mato-grossense de Futebol, contra o Poconé. O jogador recebeu aval da Justiça de Minas Gerais para cumprir a pena em regime semiaberto.

Bruno foi condenado em 2013 pela morte da ex-amante Eliza Samúdio. O crime ocorreu no ano de 2010 e, desde então, o corpo dela não foi localizado.

Uma das líderes do protesto, a procuradora e presidente do Conselho de Defesa da Mulher, Gláucia Amaral, explicou que o retorno de Bruno ao futebol não representa o “instituto da ressocialização”.


“Não estamos falando de nova chance. Eu fico muito triste de ver o instituto da ressocialização, que é tão precioso para as pessoas que estão hoje nas nossas cadeias públicas ser utilizado para falar de uma pessoa que não fala de ressocialização, mas na recuperação de glamour, em ter uma vida glamorosa”, colocou.


Algumas frases em cartazes diziam; Feminicida não pode ser exemplo”, “Operário Sim, assassino não” e “Respeitem as mulheres, goleiro Bruno não”.


Fotos:

Vídeos:

Veja Mais

Um comentário em “Mulheres realizam manifestação contra a contratação de Bruno pelo Operário”

  1. Leonidas disse:

    Segunda chance para um assasino cruel e calculista? Se fosse com tua família, daria uma segunda chance? Pense bem, a proxima vítima pode ser tua irmã, sobrinha ou seja lá quem for!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 22 de janeiro de 2020 às 08:57:53
  • 22 de janeiro de 2020 às 08:00:23