https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/01/695bfa49684a35556e345e474b9e9fae.jpg

LATROCÍNIO

Suspeitos de matar casal e jogar corpos de cachoeira em MT são presos em Cacoal (RO)

DA REDAÇÃO / MATO GROSSO MAIS
[email protected]

Reprodução

Três suspeitos confessaram ter matado um casal encontrado na Cachoeira Salto das Andorinhas, em Aripuanã (a 1.002 km de Cuiabá), nesta quinta-feira (23). Além disso, foi informado que um quarto investigado ainda está foragido.

Os suspeitos são duas mulheres e dois homens, que segundo eles, jogaram os corpos do alto da cachoeira de 100 metros para roubar uma Toyota Hilux e um Ford F-1000.

As vítimas foram identificadas como Luiz Sérgio da Silva Lechuga, de 57 anos e Rosinha Edileuza da Silva Lechuga, de 43 anos.

Em depoimento, o homem confessou o crime, e disse que o grupo roubou os carros e matou o casal, em seguida, para acobertar o delito, jogou os corpos das vítimas na cachoeira.

As investigações tiveram início quando o corpo de Luiz Sérgio foi encontrado amarrado e amordaçado aos pés da cachoeira.

Luiz ainda tinha um ferimento na região da testa que possivelmente foi causado pela queda.

De acordo com a Polícia Judiciária Civil (PJC), durante a apuração do caso foi constatado que a vítima Rosinha Edileuza também estava desaparecida.

Diante disso, as equipes retornaram ao Salto das Andorinhas e em um local de difícil acesso encontrou o corpo da segunda vítima.

Uma informação da Polícia Militar de Cacoal (RO) identificou duas mulheres e um homem andando com veículos semelhantes aos roubados, na cidade.

O trio foi preso em flagrante pelo crime de latrocínio, roubo seguido de morte. Os suspeitos estão detidos na Central de Flagrantes. A PJC de Aripuanã investiga o caso.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *