https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/01/695bfa49684a35556e345e474b9e9fae.jpg

LATROCÍNIO

Suspeitos de matar casal e jogar corpos de cachoeira em MT são presos em Cacoal (RO)

Reprodução

Três suspeitos confessaram ter matado um casal encontrado na Cachoeira Salto das Andorinhas, em Aripuanã (a 1.002 km de Cuiabá), nesta quinta-feira (23). Além disso, foi informado que um quarto investigado ainda está foragido.

Os suspeitos são duas mulheres e dois homens, que segundo eles, jogaram os corpos do alto da cachoeira de 100 metros para roubar uma Toyota Hilux e um Ford F-1000.

As vítimas foram identificadas como Luiz Sérgio da Silva Lechuga, de 57 anos e Rosinha Edileuza da Silva Lechuga, de 43 anos.

Em depoimento, o homem confessou o crime, e disse que o grupo roubou os carros e matou o casal, em seguida, para acobertar o delito, jogou os corpos das vítimas na cachoeira.

As investigações tiveram início quando o corpo de Luiz Sérgio foi encontrado amarrado e amordaçado aos pés da cachoeira.

Luiz ainda tinha um ferimento na região da testa que possivelmente foi causado pela queda.

De acordo com a Polícia Judiciária Civil (PJC), durante a apuração do caso foi constatado que a vítima Rosinha Edileuza também estava desaparecida.

Diante disso, as equipes retornaram ao Salto das Andorinhas e em um local de difícil acesso encontrou o corpo da segunda vítima.

Uma informação da Polícia Militar de Cacoal (RO) identificou duas mulheres e um homem andando com veículos semelhantes aos roubados, na cidade.

O trio foi preso em flagrante pelo crime de latrocínio, roubo seguido de morte. Os suspeitos estão detidos na Central de Flagrantes. A PJC de Aripuanã investiga o caso.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 25 de janeiro de 2020 às 11:54:31