https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/01/WhatsApp-Image-2020-01-27-at-15.24.40.jpeg

Governo de MT - MT Mais Social - Setembro

DESAPARECIDA

Bombeiros usam cães como reforço para procurar corpo de travesti assassinada

DA REDAÇÃO / LEONARDO MAURO
[email protected]

Montagem

Uma equipe de busca do Corpo de Bombeiros Militar foi acionada, na última sexta-feira (24), para atender uma solicitação da polícia de Santo Antônio do Leverger (a 34 km de Cuiabá), para colaborar com as buscas da travesti Mari de Bastos Lima, de 37 anos, desaparecida desde o dia 8 de janeiro.

As buscas estão sendo realizadas com cães para localização de pistas. O objetivo da equipe é dar suporte e apoio em áreas onde as investigações apontam mais provável a localização do corpo.

Ela desapareceu após sair do trabalho na quarta-feira (08). Na manhã seguinte, 9 de janeiro, um amigo foi até a sua residência, e não a encontrou em casa.

Três homens foram presos na sexta-feira (24), com informações de testemunhas. Na ocasião, o primeiro suspeito disse que viu dois homens caminhando com a vítima, nos fundos de uma rádio comunitária da cidade.

Ele disse que a dupla enterrou o corpo da travesti, e chegou a levar os policiais até o local onde supostamente o corpo  foi ocultado.

Prisão e soltura 

O trio que foi preso na sexta-feira (24), foi solto no sábado (25), com base na lei de abuso de autoridades, os três homens foram interrogados à noite o que, de acordo com a lei, não é permitido.

A norma, que define condutas e punições a autoridades que tomarem atitudes consideradas abusivas, começou a valer em janeiro de 2020. Por isso, os policiais liberaram os suspeitos e solicitaram que eles retornem para depor nesta segunda-feira (27).

Entretanto, até o momento, o corpo de Mari não foi localizado pelas equipes.

Fotos:

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *