https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/08/12-Júri.jpg

EM NOBRES

Homem é condenado a 21 anos de prisão por mandar matar primo

Reprodução

Dois homens foram condenados em júri popular a penas de 21 e 14 anos, respectivamente, pela morte de um rapaz, de 20 anos, no município de Nobres.

A pena maior foi imputada ao réu acusado de ser o mandante do crime.

Eles foram indiciados pela Polícia Judiciária Civil pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver e corrupção de menor.

O inquérito coordenado pela Delegacia Municipal de Nobres apurou a morte de João Pedro Ojeda da Conceição, ocorrida em março de 2015.

O corpo foi encontrado enterrado, em avançado estágio de decomposição.

Cinco dias após a localização do cadáver, dois adultos, sendo um deles primo da vítima, e mais um adolescente foram identificados e detidos por envolvimento no crime.

Desde o início, as suspeitas apontavam para o primo da vítima.

Conforme a investigação, o suspeito teria “cantado” a namorada da vítima, que quando soube foi tirar satisfação com o primo, que passou a ameaçá-lo de morte.

Em diligências, o menor confessou que a vítima já estava morta, indicou o local onde o corpo estava enterrado e deu detalhes de como o crime foi executado. Dois dos indiciados apontaram o primo da vítima como mentor do crime.

O adolescente identificado nas investigações do homicídio teve responsabilização criminal aplicada, com internação em unidade do Sistema Socioeducativo.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 28 de janeiro de 2020 às 14:00:43