https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/01/2ef9f10d312661e455bb23d6fb93889c.jpg

Vacina que Volta ALMT

RITMO DE ELEIÇÕES

Advogada confirma disputa ao Senado e prefeitura neste ano

Oficializada pelo PROS (Partido Republicana da Ordem Social) como pré-candidata à eleição suplementar para o Senado, no dia 26 de abril, a suplente de deputada federal e secretária-adjunta de Defesa do Consumidor, advogada Gisela Simona, garante que vai para a disputa como cabeça de chapa de seu partido para concorrer à vaga da senadora cassada Selma Arruda (Podemos). Ela diz ainda que a disputa ao Senado não interfere em outro projeto político seu, a prefeitura de Cuiabá, que terá eleições em outubro deste ano.

Em entrevista para o Programa Resumo do Dia, na TV Brasil Oeste, Gisela afastou a possiblidade de vir a compor como suplente na chapa do vice-governador de Mato Grosso, Otaviano Pivetta (PDT). “Nós não temos negociação nesse sentido [com o PDT]. O que tem é o desejo do PROS de ter essa representação popular e isso passa por meu nome estar à frente da chapa”, garantiu Gisela.

Nas últimas eleições, em 2018, Gisela Simona concorreu para o cargo de deputada federal e obteve 50.682 votos, ficando na primeira suplência.

Com forte atuação à frente do Procon, em defesa do consumidor, Gisela quer levar para o Senado esta bandeira, caso seja eleita. Ela entende que pode ser uma candidata diferente em relação a outras candidaturas ligadas a segmentos econômicos. “Acreditamos que além de alguns interesses econômicos específicos, o nosso Estado merece que tenha uma representação de fato popular, que defenda interesses que vão além, por exemplo, do agronegócio e eu quero ser aí, na verdade, uma senadora dos consumidores”, explicou Gisela Simona, que é a presidente municipal do PROS em Cuiabá.

“Nós sabemos que hoje problemas que afetam nosso dia a dia, vão da água, da energia elétrica, da saúde, acaba não tendo uma representação direta popular. Então é nesse sentido que é o diferencial na candidatura do meu nome, Gisela Simona, para as demais que estão postas aí”, acrescentou Gisela.

ELEIÇÃO PARA A PREFEITURA

Apontada inicialmente pelo presidente estadual do PROS, deputado estadual João Batista, para concorrer para o cargo de prefeita de Cuiabá nas eleições de outubro, Gisela Simona não acredita que isso possa atrapalhar sua campanha ao Senado. Isso porque, em sua opinião, ela teve seu nome conhecido numa disputa para o Legislativo, quando concorreu para o cargo de deputada federal e obteve 50.682 votos.

“É dentro deste contexto que nós acreditamos que a disputa pelo Senado ela não atrapalha. Nós esperamos aí de novo, essa colocação do nosso nome, ela venha exatamente para fortalecer um projeto que é da Capital, que é da Baixada Cuiabana e que reverbera aí para todo o Estado de Mato Grosso”, disse Gisela Simona.

DESINCOMPATIBILIZAÇÃO

De acordo com a Resolução nº 2404/2020, aprovada pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) no último dia 22, as convenções partidárias para definir os candidatos para a eleição suplementar ao Senado serão realizadas entre 10 e 12 de março. Confirmado seu nome na convenção, Gisela terá que se desincompatibilizar do cargo que ocupa no governo no primeiro dia útil à sua escolha, em conformidade com a resolução.

 

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *