ELEIÇÃO AO SENADO

Ex-governador deixaria de ser candidato se “rei da soja” estivesse no páreo

O vice-presidente do DEM/MT, Júlio Campos (DEM), disse, em entrevista à rádio Mega FM, nesta terça-feira (4), que só deixaria de ser candidato se Blairo Maggi (PP) resolvesse candidatar na eleição suplementar ao Senado marcada para 26 de abril.

Após ter a confirmação do próprio Maggi de que o mesmo não seria candidato, Júlio Campos colocou seu nome à disposição do partido.

O DEM deve decidir no dia 17 de fevereiro se vai com JC, com Dilmar Dal’Bosco ou se vai apoiar outro nome da base do Governo.

Veja Mais

2 comentários em “Ex-governador deixaria de ser candidato se “rei da soja” estivesse no páreo”

  1. Nilza Abrão disse:

    Se ocorrer isso, de dona Terezinha Maggi aceitar ser a 1° suplente do Julio Campos, pode fechar o caixão, tá tudo liquidado. Piveta volta para o seu Gabinete de Vice Governador, Faváro, continua em Brasilia no ERMAT, Nilson Leitão,na Assessoria do CNA, Medeiros e Barbudo na Camara Federal e Gisela no PROCOM. Chapa imbatível, formada por duas pessoas qualificadas e queridas do povão de MT.

  2. Marcelo Moura disse:

    Não será surpresa alguma se a dona Terezinha Maggi ser a 1° Suplente do Júlio Campos ou alguém da família Maggi, ou a Margareth Busseti, que e’ sua afilhada. Aguardem..

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *