https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/02/213-696x392-1.jpg

Vacina que Volta ALMT

URGENTE

1º caso suspeito de coronavírus é registrado em MT; Governo investiga

DA REDAÇÃO / MATO GROSSO MAIS
[email protected]

Uma mulher, com o nome e idade não revelados, foi internada na área de isolamento do Hospital Regional Irmã Elza Geovanela, em Rondonópolis (214 km de Cuiabá) com suspeitas de ter contraído o coronavírus.

Em nota divulgada, há pouco, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde, informou que o caso está sob investigação e não é considerado, até o presente momento, uma suspeita de Coronavírus.

Ainda segundo a nota, a mulher é assistida e recebe todo o atendimento médico necessário que o caso requer, não representando qualquer risco à saúde pública.

A paciente, de origem asiática, disse ter entrado em contato com a Secretaria de Saúde, ao desembarcar no Brasil.

Mas ela não esteve na China, local onde o número de mortos já chega a 600 pessoas, porém teria passado por vários países, onde o vírus está se alastrando.

A mulher disse que sente calafrios e estaria tossindo.

Ontem (6), por volta das 21h45, uma equipe médica esteve na residência da paciente e realizou o transporte da mesma até a área de isolamento do HR.

Em nota, a prefeitura de Rondonópolis, tranquilizou a população, tratando o caso como uma suspeita da doença, porém sem a confirmação.

Confira a nota emitida pela Prefeitura.

A Secretaria Municipal de Saúde de Rondonópolis encaminhou nesta quinta-feira (6), por meio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), uma pessoa com sintomas de gripe que retornou de viagem à Ásia – mas não esteve na China – para o Hospital Regional de Rondonópolis.

Por precaução, em função dos casos do novo corona vírus identificados no início deste ano, a paciente está em isolamento na unidade hospitalar para realização de exames e avaliação clínica com infectologista. O caso será devidamente informado ao Ministério de Saúde.

A Secretaria Municipal de Saúde esclarece que a paciente entrou em contato com a Pasta para informar que havia retornado para Rondonópolis após uma viagem à Ásia na quarta-feira (5) e que apresentava sintomas de gripe. Uma equipe do Samu foi acionada para encaminhá-la ao Hospital Regional.

Os profissionais de saúde que fizeram o atendimento seguiram todos os protocolos do Ministério da Saúde e a ambulância utilizada para o transporte passou por processo de esterilização e ficará sem ser utilizada até a próxima segunda-feira (10).

A Secretaria de Saúde destaca que o Hospital Regional de Rondonópolis é a unidade de referência para atender casos suspeitos do novo coranovírus na região.

Com informações do Primeira Hora de Rondonópolis.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *