https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/12/WhatsApp-Image-2019-06-18-at-11.32.39-785x466.jpeg

ESTA SEMANA

Emanuel confirma que deve depor na Deccor sobre suposta armação de servidora pública

Abdalla Zarour

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), confirmou ao Site Mato Grosso Mais que foi, sim, intimado pela Delegacia de Combate à Corrupção (Deccor), e que deve comparecer, nesta semana, entre quarta ou quinta-feiras (12-13), para ser ouvido em uma suposta armação contra ele, que foi revelada pela servidora da Saúde Elizabete Maria de Almeida.

“Eu fui (intimado) e como eu sou prefeito, eu tenho a prerrogativa de poder escolher o dia e a hora, aí os meus advogados na segunda-feira vão marcar, eu estou vendo a minha agenda, mas eu devo ir quarta ou quinta-feira”

A servidora registrou um boletim de ocorrência na Delegacia Especializada de Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz), onde relatou que esteve em uma confraternização, na casa do vereador Juca do Guaraná (Avante) e presenciou o prefeito Emanuel pagando uma suposta propina a vereadores de Cuiabá.

Essa propina, segundo Elizabete, seria para agilizar a cassação de Abílio, que responde a um processo na Comissão de Ética da Câmara.

Já em seu depoimento realizado na Deccor, ela negou que esteve na casa do Juca, contradizendo o primeiro B.O.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 10 de fevereiro de 2020 às 16:21:59
  • 10 de fevereiro de 2020 às 14:58:54