https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/02/Alair-Ribeiro.png

EM VÁRZEA GRANDE

Estudantes aprendem sobre o Judiciário em cartilha e palestra

Alair Ribeiro

Aos 14 anos, a estudante Thaís Fernanda da Silva Barros, aluna do 9º ano do ensino fundamental da Escola Estadual Deputado Milton Figueiredo, localizada no Jardim dos Estados, em Várzea Grande, gostou de saber que existe um caminho para a solução de conflitos que não passa necessariamente pela instauração de um processo judicial: a conciliação.

Ela ouviu falar sobre o assunto, pela primeira vez, nesta quinta-feira (13/02), quando a escola em que ela estuda recebeu a visita do Nosso Judiciário, um projeto do Poder Judiciário de Mato Grosso que tem como objetivo aproximar a instituição da população.

Assim como a colega Thaís, o estudante do 9º ano Higor Alves Corrêa, 14, membro do Conselho Deliberativo da Comunidade da Escola (CDCE), também aprendeu uma coisa nova durante a palestra, proferida pelo servidor Neif Feguri.

Ele não sabia que, caso a parte não ficasse satisfeita com a decisão do juiz, poderia recorrer a uma instância superior da Justiça. “Sempre pensei que a última palavra era do juiz”, reforçou o estudante.

Assim como Thaís e Higor, outros 300 estudantes do ensino fundamental da EE Deputado Milton Figueiredo ouviram a palestra, que busca apresentar, de forma resumida e em linguagem acessível, o Poder Judiciário aos estudantes.

Ali eles aprendem que existe a Justiça gratuita para quem não pode pagar por um advogado, sobre recursos ao Tribunal de Justiça e às instâncias superiores, em Brasília, sobre a competência dos Juizados Especiais, entre outros temas relevantes.

A diretora da unidade escolar, Edilaine Mariana Lopes, disse que os assuntos tratados na palestra conseguiram prender a atenção dos estudantes, que acompanhavam as informações lendo a cartilha do projeto, distribuída a todos os participantes.

Ela também avaliou que o projeto é positivo porque as crianças aprendem um pouco mais sobre o Poder Judiciário.

Essa foi a 98ª edição do Judiciário na Escola desde a criação, há seis anos. Nesse período, atingiu mais de 23 mil alunos, a imensa maioria da rede pública, de acordo com Neif Feguri, responsável pelo projeto.

A próxima edição e quarta de 2020 será realizada na segunda-feira (17/02), às 9h00, na Escola Adventista do Porto, em Cuiabá, e será voltada aos alunos do ensino médio.

 

Alair Ribeiro

Alair Ribeiro

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 14 de fevereiro de 2020 às 19:23:22
  • 14 de fevereiro de 2020 às 19:17:34