https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/02/Sem-título-9.png

Vacina que Volta ALMT

VEJA O VÍDEO

Repórter agredido questiona visita de vereador e delegado a diretor da Semob na delegacia

Reprodução

Com a repercussão do caso de agressão envolvendo uma equipe de reportagem da TV Cidade Verde, o repórter Ricardo Martins disse ao apresentador Agnelo Corbelino, no Programa “Passando a Limpo”, na noite desta quinta-feira (20), que viu o vereador delegado Marcos Veloso (PV) tirando o diretor da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), Michel Diniz, da cela para uma conversa.

“Agora eu pergunto ao delegado de trânsito, da Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), Cristian Cabral, e também ao vereador Marcos Veloso, que foram lá prestar solidariedade ao Diniz. […] E tiraram o Diniz da cela. […] O que o delegado de trânsito Cristian Cabral estaria fazendo lá junto com o vereador Marcos Veloso?”, questionou o repórter.

O que ficou no ar foi, qual o teor desta conversa, o que um delegado aposentado e um delegado da Deletran estavam fazendo e qual o motivo deles irem até à delegacia de Cuiabá para conversar com o acusado de agressão.

A redação do Site Mato Grosso Mais entrou em contato com o parlamentar para saber qual foi a motivação dessa “solidariedade”, em visitar um servidor detido por agressão e qual foi a conversa que tiveram.

Até o momento da publicação desta matéria a assessoria de ambos os envolvidos não responderam à redação.

As agressões 

Uma equipe de reportagem da TV Cidade Verde, canal 12-1, acusa o diretor da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), Michel Diniz, de agressão, nesta quinta-feira (20).

Segundo o repórter Ricardo Martins, Diniz teria quebrado a câmera da tv e ainda teria agredido o cinegrafista, que sofreu uma fratura no dedo.

O incidente ocorreu quando a equipe fazia uma matéria sobre um veículo da Semob que foi flagrado, nesta quarta-feira (19), circulando nas ruas, com documento atrasado.

Veja o vídeo:

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *