https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/02/kennya-foscarini.jpg

Governo de MT - MT Mais Social - Setembro

EM CUIABÁ

Motorista é condenado a pagar R$ 100 mil à família de adolescente que morreu atropelada

DA REDAÇÃO / MATO GROSSO MAIS
[email protected]

Arquivo Pessoal

A família da adolescente Kênnya Focarini, de 16 anos, que morreu atropelada por um carro quando saía da escola em Cuiabá, deve ser indenizada em R$ 100 mil e pensão por danos materiais. A determinação é da juíza Sini Savana Bosse, da 9ª Vara Cível de Cuiabá.

Kênnya e um amigo, de 13 anos, foram atropelados em frente à Escola Estadual Pascoal Ramos, na capital, em 2012.

A jovem chegou a ser arrastada por alguns metros pelo veículo, já o adolescente teve ferimentos leves, mas Kênnya teve hemorragia cerebral e não resistiu.

O motorista Frank Rademak Almeida Silva fugiu do local do acidente sem prestar socorro às vítimas.

Ele foi preso minutos depois, ao bater o carro no muro de outra escola. Segundo o boletim de ocorrência, o motorista apresentava sinais de embriaguez. Além disso, ele não tinha licença para dirigir.

Motorista que atropelou adolescente foi detido depois de fugir e bater no muro de outra escola — Foto: Reprodução/TVCA
Motorista que atropelou adolescente foi detido depois de fugir e bater no muro de outra escola — Foto: Reprodução/TVCA

Frank e Raimunda Almeida, proprietária do veículo que foi responsabilizada por ter emprestado o carro a uma pessoa que não podia dirigir, terão que pagar o valor de R$ 100 mil de indenização por danos morais à família da vítima.

A decisão 

“Considerando que os réus apresentaram Contestação por negativa geral e não trouxeram nenhum argumento capaz de criar dúvida razoável ou ilidir a pretensão da parte autora, a procedência da ação é medida acertada a se tomar”, diz trecho.

Além disso, a juíza também determinou o pagamento de indenização por danos materiais. Os réus deverão pagar a família da vítima uma pensão mensal.

A pensão será correspondente a 2/3 do salário mínimo até a data em que a vítima completaria 25 anos. Depois disso, o valor da pensão será reduzido para 1/3 do valor de um salário mínimo, até a morte dos beneficiários ou a data em que a vítima completaria 65 anos.

Veja Mais

2 comentários em “Motorista é condenado a pagar R$ 100 mil por atropelar jovem”

  1. Marlene Foscarini Alves disse:

    Os dois ( mãe e filho) deveriam pegar prisão perpétua, assim como me encontro hoje, minha filha morta e eu presa nessa dor absurda e cruel, não há dinheiro q pague o q eles fizeram, mas, já q a justiça nesse país é branda, de alguma maneira eles tem q pagar…#Naofoiacidente# e vou provar assim q o foragido for encontrado.

    1. Marlene Foscarini Alves disse:

      Só lembrando que ela estava na calçada, ele subiu a calçada atingindo ela em cheio,com o impacto ela voou p meio da rua, ele desceu o meio fio, passou por cima dela, arrastando-a por uns trinta metros, quando passou pelo quebra molas ela se desprendeu do carro, ele então deu marcha ré passando por cima dela novamente, aí eu pergunto: foi acidente? Não, foi assassinato…Ele estava com muita raiva de mim…palavras dela mesma ditas no pronto socorro…

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *