https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/10/bolsonaro-antonio-cru.jpg

15 DE MARÇO

PDT emite nota de repúdio contra convocação de Bolsonaro

Antonio Cruz/Agência Brasil

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) divulgou, nesta quarta-feira (26), nota de repúdio contra a convocação do presidente Jair Bolsonaro para uma manifestação contra o Congresso Nacional e o STF.

A fala de Bolsonaro fere o princípio da ordem constitucional que prevê a separação dos poderes, que é a base do Estado Democrático de Direito.

Leia a nota na íntegra.

O Partido Democrático Trabalhista de Mato Grosso, diante da divulgação de um vídeo enviado pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, convocando uma manifestação contra o Congresso Nacional e o STF, vem a público manifestar indignação e defender a democracia.

O Presidente da República fere o princípio da ordem constitucional que prevê a separação dos Poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário – pilar basilar do Estado Democrático de Direito, inflamando a população brasileira para atos de hostilidade contra os demais Poderes da República, buscando perverter a Constituição e as leis que regem o país, incidindo em crime de responsabilidade, que é passível de perda do mandato.

Tal fato requer uma grande força e articulação do campo democrático e popular do Brasil pela defesa intransigente da democracia e da Constituição Federal Brasileira de 1988, para que cenas de um passado obscuro não tão distante não voltem a se repetir, com o uso da força militar para a dissolução dos Poderes Constituídos e implantação de um absolutismo fundamentalista e repressor da liberdade e dos direitos conquistados.

Atos como este apontam o grave momento em que vivemos, de grandes riscos ao Estado Democrático de Direito, criando tensões para o enfraquecimento das instituições democráticas.

Manifestamos nosso total repúdio à atitude do Presidente da República e colocamo-nos à disposição pelo fortalecimento de uma frente ampla, democrática e popular.

Em defesa da democracia, da soberania nacional e do povo brasileiro 🔰

Cuiabá, 26 de fevereiro de 2020

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 26 de fevereiro de 2020 às 21:59:18