SEM PAGAMENTO DE EMENDA

Deputado desmente investigação do MPE sobre desvio de R$ 300 mil para Peladão

DA REDAÇÃO / LEONARDO MAURO
[email protected]

O deputado Wilson Santos (PSDB) desmentiu uma suposta investigação do Ministério Público Estadual  (MPE) contra ele, que apuraria uma emenda parlamentar de R$ 300 mil que seria destinada à 12ª edição do Peladão 2019.

Mato Grosso Mais questionou o parlamentar sobre o assunto, na manhã desta quinta-feira (27), no evento de lançamento da pré-candidatura ao senado de Nilson Leitão, também do PSDB, na eleição suplementar.

“Todos nós cometemos erros na vida, os jornalistas também. Então, foi um furo sem nenhuma informação, pegou uma planilha dos jogos estudantis, e disse que nós doaríamos bolas de pingue-pongue, de basquete, e o peladão não tem nada a ver com isso”, explicou o tucano.

Numa matéria veiculada, em um site de Cuiabá, nesta quarta-feira (26), dizia que a Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) teria liberado R$ 300 mil de emendas de Wilson Santos para a Secretária de Estado de Cultura de Mato Grosso, sob o comando do deputado licenciado Allan Kardec (PDT).

“Ainda hoje, a Secretária de Estado vai apresentar uma nota oficial. Não teve Peladão ano passado, porque não houve pagamento. O pagamento aconteceu, agora, dia 20 de fevereiro, a nota de ordem bancária só saiu no dia 20, agora que vai ter, sem dinheiro, não faz Peladão”, finalizou Wilson.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *