https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/03/Operação-conjunta-GIR-e-PM-resultam-em-prisão-de-duas-mulheres.jpg

AÇÃO CONJUNTA

Agentes penitenciários da PCE e PM apreendem celulares, dinheiro e drones de facção

Assessoria

Por meio de uma denúncia via 197 para o setor de inteligência do Sistema Penitenciário, a direção da Penitenciária Central do Estado soube que haveria uma tentativa de introdução de celulares na Penitenciária Central do Estado na noite desta quinta-feira (05.03).

Desde às 20h, foi observado que um veículo Fox de cor preta estava rondando a unidade.

Os agentes penitenciários do Grupo de Intervenção Rápida (GIR) solicitaram apoio e tiveram ajuda dos policiais militares do 9º Batalhão, que em uma operação conjunta, prenderam duas mulheres, uma de 32 anos e outra de 27 anos, operando drones com a finalidade de lançar aparelhos celulares, carregadores e acessórios no interior da PCE.

Elas estavam em contato via telefone com seus respectivos maridos, que são membros de uma facção criminosa, e cumprem pena na Penitenciária Central.

Assessoria

Após o flagrante, foram realizadas diligências em conjunto entre os policiais militares e os agentes penitenciários do GIR no município de Várzea Grande, no endereço de uma das conduzidas, onde foram encontrados mais de uma centena de celulares embalados prontos para serem lançados no interior do presídio, aproximadamente R$ 18 mil em espécie, um veículo VW Fox de cor preta, serras (para cerrar grades), vários carregadores e fones de ouvidos.

A organização criminosa alugou uma casa a três quarteirões da PCE somente com a finalidade de servir de base para as mulheres que operavam os drones.

“Nós agradecemos à Polícia Militar do Estado pelo apoio e todos policiais penais envolvidos na operação”, destacou o diretor da PCE, Agno Ramos.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 6 de março de 2020 às 20:17:41