https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/03/7f22bc28b839f32d6d7e8224acfec550.jpg

"USTRA VIVE"

Homem usa camiseta enaltecendo ex-coronel condenado por tortura e gera revolta

Rogério Florentino / Olhar Direto

Um homem, participante da convenção partidária de lançamento da candidatura da tenente-coronel Rubia Fernanda Diniz pelo partido Patriota, ao Senado, gerou revolta ao vestir uma camiseta com os dizeres “Ustra Vive”, e na parte de trás, dizia: “Contra toda forma de comunismo, Brilhante Ustra”.

Carlos Alberto Brilhante Ustra foi um ex-coronel do Exército brasileiro, no período do regime militar, e acabou sendo condenado antes de morrer, por crimes de tortura durante a Ditadura no Brasil.

Ustra chegou a ser chamado de “herói nacional” pelo presidente Jair Bolsonaro (SEM PARTIDO), desde então, seus apoiadores vêm utilizando vestimentas que enaltecem o ex-coronel do Exército.

O secretário-geral do Sindicato dos Profissionais da Área Instrumental do Governo (SINPAIG-MT), Antônio Wagner Nicácio de Oliveira chegou a enviar uma nota à imprensa, criticando o Patriota por não repreender o simpatizante da candidata.

“Para quem não sabe, Brilhante Ustra foi um assassino, sequestrador e torturador da Ditadura militar. Assassinou dezenas de inocentes, sequestrou pais e mães de família que, sem qualquer julgamento eram jogados nos porões do DOI-CODI, onde comandou e praticou centenas de seções de tortura de irmãos brasileiros, fossem homens ou mulheres… É um horror ver uma sociedade que aceita conviver com esse tipo de gente. E pior ainda, ver um partido que prega a ‘defesa da família’ e respeito a Deus, socializar com quem defende um criminoso condenado pela justiça por crimes tão horrendos, como torturar, estuprar e matar seus semelhantes”, diz trecho da nota.

Ele morreu em 2015, aos 83 anos. O DOI-Codi, citado pelo sindicalista, era o órgão de repressão política no período do governo militar.

A redação do Mato Grosso Mais entrou em contato com o Patriotas, mas até a postagem desta matéria não obteve resposta.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 12 de março de 2020 às 12:29:34