https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/03/C-ECONOMIA-Alta-dos-juros-requer-uso-consciente-do-cartão-de-crédito-rotativo.CART_.jpg

POR CONTA DO COVID-19

Em meio a crise cartão de crédito reduz limites e clientes se irritam.

No início dessa semana, os cartões de crédito Calcard com a bandeira Visa, enviaram um SMS aos clientes informando que os limites do cartões reduziria mais de 90% do valor total.

Para os clientes com limite de R$ 5 mil o total para compras foi reduzido para R$ 500, em alguns casos o limite abaixou para R$ 150.

A medida não agradou nenhum poucos os consumidores, muitos ameaçaram cancelar o cartão e outros relataram que passaram vergonha ao realizarem compras e não serem autorizadas por falta de limites.

 A justificativa da operadora para a baixa de limites foi de que devido a pandemia do COVID-19 (Corona Vírus) que atravessa o país a decisão tomada pela empresa foi de reduzir os valores, mas que assim que tudo se acertar os valores serão reavaliados.

Veja Mais

5 comentários em “Em meio a crise cartão de crédito reduz limites e clientes se irritam.”

  1. Stefany dos santos lara disse:

    Uma palhaçada nunca vi abaixa limite de quem pagar certo eu mesma pago antes do vencimento pra que ter um cartão de crédito sendo que o limite é uma porcaria não serve pra nada estou quase cancelando esse cartão .

  2. Roseane disse:

    Fui no consultório médico e passei vergonha,meu limite era 1.200,agora passou a ser 450,muito chata essa situação

  3. Elizabeth disse:

    Nao é so o calcard o cartao da pernambucana que meu limite era 1500,00 foi para 18 reais. E eu pago em dias, fiquei super chateada porque tentei comprar um presente e não foi autorizado.

  4. Talita sergia disse:

    Uma vergonha esse cartão mesmo xq a gente paga certinho o procom deveria tomar atitudes, se não aumentarem denovo vamos ir ao procom

  5. Christianne Gonçalves disse:

    Fui pega de surpresa ao tentar pagar minhas compras no supermercado com a mensagem de não autorizado, foi bem constrangedor!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 27 de março de 2020 às 18:14:32