https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/04/317c94ac26d9333948273054a4014074.jpg

FIQUE EM CASA

Cuiabá tem mais de 50% dos casos confirmados de Coronavírus em MT

Coronavírus

De um total de 134 casos confirmados em Mato Grosso, 72 são de pessoas infectadas pelo novo Coronavírus em Cuiabá. Os dados são da Secretaria de Estado de Mato Grosso, divulgados na segunda-feira (13). O número quase triplicou desde o dia 03 de abril, quando a capital tinha apenas 25 dos 44 casos confirmados no Estado. Mais uma vez, o prefeito Emanuel Pinheiro faz um apelo para que as pessoas fiquem em casa e cumpram as medidas de enfrentamento pela saúde e segurança da população.

“Já podemos observar uma curva crescente no número de casos confirmados. Estamos lidando com uma transmissão comunitária, em que a única forma de impedir que o vírus de espalhe é ficando em casa. O vírus não circula, quem circula são as pessoas e é preciso ficar em casa neste momento, cumprir as medidas de isolamento social para se proteger e proteger a todos. Quebrar a quarentena é colocar em risco a vida do outro e temos que ser responsáveis neste momento”, pediu o prefeito de Cuiabá.

Apesar do grande número de casos, a Capital tem baixado seu percentual em relação a Mato Grosso, o que indica que o vírus tem se espalhado com maior velocidade pelo estado. Cuiabá chegou a ter 63,3% dos casos do Estado em 05 de abril, reduzindo neste 13 de abril para 53,7%. Até o momento, 4 mortes foram confirmadas, nenhuma em Cuiabá.

Em entrevista no último domingo ao programa Fantástico da Rede Globo de Televisão, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta afirmou que a população deve pedir aos governadores de sua região para diminuir a mobilidade local, pois os meses de maio e junho terão dias “muito duros”.

“O sistema americano, espanhol, francês, inglês, caiu. Acho que o nosso é mais frágil que esses todos’. É minha obrigação como brasileiro, de quem está vendo nossas fragilidades históricas, favelas, nossa patriazinha pequena, é minha função dizer, estar ao lado, dos meus médicos, estar ao lado da população, protegê-los, pedir aos governadores que retenham essa mobilidade acelerada, porque isso pode ser muito ruim para o país”, explicou o ministro.

Medidas

A Prefeitura de Cuiabá, pautada no cuidado com à população, vem adotando uma série de medidas drásticas para evitar que a propagação da infecção se alastre na capital, uma das medidas foi a criação de um comitê de enfrentamento ao Covid 19, suspensão das aulas na rede municipal, fechamento do comércio (à exceção de estabelecimentos citados no Decreto 7.868/2020), a proibição do corte de fornecimento de água por 60 dias, suspensão das atividades em grupo nos CRAS e CREAS, limitação do Restaurante Popular a 50 pessoas por vez, suspensão do passe livre e da tarifa social, suspensão do transporte público, higienização dos ônibus no ponto final de cada linha e disponibilização de álcool em gel nos terminais e estações, fechamento de feiras e ainda a determinação para execução do home office para os servidores públicos, excetuando-se os profissionais da Saúde.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 14 de abril de 2020 às 15:49:43