https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/05/CURADAS-1.png

ESPERANÇA

Idosas de 102 anos e outra de 63 vencem o COVID e comemoram; VÍDEO

Esperança, esse é o sentimento que toda a baixada cuiabana sentiu ao ver os vídeos divulgados pelo Hospital Santa Casa e Complexo Hospitalar Cuiabá. As pacientes, Anna Augusta de Oliveira Monteiro, de 102 anos, ex-primeira dama e Suzana Maria da Glória, que já lutou contra 3 canceres, de 63 anos, receberam alta na tarde de ontem (27) após ficarem 3 semanas lutando contra o COVID-19.

O vídeo gravado na porta do Hospital Santa Rosa, mostra Anna saindo da unidade na cadeira de rodas com uma plaquinha, sendo aplaudida pelos profissionais de saúde que estão no combate ao vírus. Anna estaca internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital.

Segundo informações Anna passou três semanas de cuidados intensos e total isolamento dos familiares.

Anna é de família tradicional de Cuiabá. Foi presidente da antiga Legião Brasileira de Assistência (LBA) e atuou muito na área de promoção social no estado e na capital. É filha de Francisco Pinto de Oliveira, deputado estadual de Mato Grosso com maior número de mandatos e dono de várias usinas de cana-de-açúcar no estado.

Anna segue agora para um quarto para continuar sua recuperação, mas já está curada da Covid-19.

Já no Complexo Hospitalar de Cuiabá, aos 63 anos, Suzana Maria da Glória venceu sua 4ª batalha, a paciente já sobreviveu a três câncer. Ela ficou três semanas internada tratando da Covid-19.

Um dos filhos de Suzana relatou que a mãe fez o teste de sangue e deu negativo. “Ela tinha feito o teste numa segunda-feira, e o resultado deu negativo. Na quinta-feira cedo, ela fez o exame do cotonete e saiu o resultado cinco dias depois testando positivo para Covid-19”.

Também na saída do hospital, profissionais prestaram homenagem a Suzana. Emocionada, Suzana agradeceu aos profissionais que cuidaram dela e deixou um recado aos eles.

“Agradeço muito aos médicos que cuidaram de mim, as enfermeiras, algumas eu nunca vi o rosto, pois estavam sendo cobertos, protegidos, mas todos foram maravilhosos comigo. Sou grata por ter vencido esse Covid-19, pois não é fácil. É difícil demais para respirar e não é uma simples gripezinha, é algo muito sério”, relatou.

Suzana seguirá para casa e deve ficar em isolamento domiciliar por alguns dias, e deve manter todos os cuidados recomendados pelos órgãos de saúde.

“É preciso respeitar a ciência. Os médicos, também. Só vamos conseguir ficar protegidos se ficarmos em casa. É isolamento, não existe remédio, vacina, nada, os médicos precisam fazer o impossível e eu sou prova disso. Vamos cuidar das nossas famílias nos mantendo em casa. E volto a repetir, não é só uma gripezinha. Agradeço muito por estar saindo daqui. É uma vitória pra mim”, finalizou emocionada.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (26.05), 1.909 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, desses 566 já se recuperaram.

 

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *