https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/07/20200721.jpg

DENÚNCIA

Carga de madeira roubada em Diamantino é recuperada em VG

Uma carga de madeira serrada roubada na cidade de Diamantino (209 km a médio norte de Cuiabá) foi recuperada pela Polícia Civil, nesta terça-feira (21.07), em ação da equipe da 3ª Delegacia de Polícia de Cuiabá.

A carreta em que a carga era transportada foi localizada, após denúncia, na zona rural de Várzea Grande.

O roubo do caminhão carregado de madeira serrada maçaranduba ocorreu no domingo (19), na BR-364, estrada das Cascalheiras, município de Diamantino. Segundo as informações, a carreta semirreboque foi carregada na cidade de Aripuanã (MT) e teria como destino o estado de Minas Gerais.

Durante a ação criminosa, parte dos assaltantes ficaram responsáveis por subtrair a carreta, enaqunto os demais colocaram a vítima em um dos veículos, posteriormente a deixando as margens da estrada, na zona rural de Diamantino.

O crime ocorreu durante a madrugada quando o motorista foi abordado por dois veículos, entre eles uma caminhonete de onde foram efetuados disparos de arma de fogo contra a porta do caminhão, obrigando o condutor a parar o veículo.

Nesta terça-feira (21), policiais da 3ª Delegacia de Polícia de Cuiabá receberam denúncia anônima sobre o abandono de uma carreta semirreboque, carregada de madeira, na BR 163, Km 441, cidade de Várzea Grande e imediatamente foram até a região para averiguar a informação.

No local, os policiais encontraram a carreta sem as placas, porém em checagem dos sinais de identificação, foi possível identificar o veículo como o tomado de assalto na cidade de Diamantino.

Diante dos fatos, a carreta foi encaminhada à 3ª DP onde, onde os policiais entraram em contato com a vítima relatando a recuperação da carreta carregada com a carga de madeira.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 22 de julho de 2020 às 11:54:51
  • 22 de julho de 2020 às 11:51:17