https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/07/4540c0bff4ec023544624df573ca7638-2.jpg

CASO ISABELE

Empresário diz ao Samu que adolescente caiu no banheiro; ouça o áudio

REPRODUÇÃO

O empresário Marcelo Cestari, pai da adolescente que efetuou o disparo supostamente acidental e matou Isabele Guimarães, de 14 anos, disse durante a ligação para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que a garota teria caído no banheiro.

Conforme o áudio, obtido através do GD, Cestari ainda detalha que a adolescente perdeu muito sangue.

Desacordada, ele pede com urgência que a equipe do Samu chegue em sua residência no condomínio Alphaville, onde aconteceu a tragédia.

A ligação ocorreu às 22h03. “Oi, rápido a menina caiu no banheiro aqui no Alphaville. Está saindo muito sangue, (ela) está perdendo muito sangue”, disse Marcelo, no começo do telefonema.

A atendente então questiona o que teria acontecido, a partir deste momento, o empresário relata que ela caiu no banheiro.

“Ela caiu e bateu a cabeça, tem uns dois litros de sangue no chão. Rápido, rápido aqui no Alphaville I. Ela está perdendo muito sangue”.

A voz do empresário começa a embargar, quando ele tenta falar com Isabele. “Bel, eu acho que ela (inaudível) sem respiração, moça. Rápido, moça. Por favor. Ela está perdendo muito sangue, muito sangue”, pede.

De acordo com um promotor, não identificado, apontou que Marcelo Martins Cestari – pai da menor que atirou na amiga, de 14 anos – fez diversas ligações no momento do incidente. Além disso, ele chamou as pessoas para comparecer no local. Somente em seguida que ele acionou o Samu.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 1 de agosto de 2020 às 13:28:12