https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/08/WhatsApp-Image-2020-05-06-at-22.05.50-16.jpg

COMBATE AO CORONAVÍRUS

Número de internações diárias pela Covid-19 em UTIs de Mato Grosso cai pela metade

Christiano Antonucci

Dados do Painel de Indicadores no Estado de Mato Grosso (IndicaSUS) apontam queda significativa no número de internações em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) públicas e privadas de pacientes diagnosticados com coronavírus. Conforme gráfico do sistema, no início da pandemia, o estado chegou a registrar 53 internações por dia. Recentemente, o número chegou a 25 internações diárias.

“A variação das internações em UTI muda muito, mas ela vem reduzindo e teve dia dessa semana que chegou a uma queda de 47,17%”, explica o secretário Adjunto de Atenção e Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde, Juliano Melo.

Esse dado foi apresentado durante web reunião do Centro de Operações em Emergência em Saúde Pública (COE-MT), realizada na tarde desta segunda-feira (17.08) para discutir os avanços alcançados nas estratégias de enfrentamento do coronavírus em Mato Grosso.

“Essa reunião, mesmo que à distância, é imprescindível para avaliarmos as estratégias de combate ao coronavírus e pontuar os avanços já alcançados desde os primeiros casos da Covid-19 no Estado. Estamos trabalhando arduamente para a diminuição do contágio do vírus em Mato Grosso e também para ofertarmos um serviço de saúde de qualidade à população”, disse o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Além da diminuição em internação em UTI, o COE também apontou no encontro o aumento da capacidade de análise do Laboratório Central do Estado (Lacen) e os novos sistemas de informação utilizados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT).

Os avanços

A diretora do Lacen, Elaine Cristina de Oliveira, apresentou aos integrantes do COE o aumento da capacidade de análise do Laboratório que, desde a retirada de um equipamento fornecido pelo Ministério da Saúde, estavam em 700 amostras por dia. Atualmente, após uma parceria com o Instituto Mato-grossense do Algodão, que emprestou uma máquina para a SES, a capacidade análise subiu para 1.577 amostras/dia.

Os integrantes do COE, Alessandra Cristina Moraes e Oberdan Ferreira Coutinho Lira, apresentaram os novos sistemas utilizados pela SES, como o Painel da Covid-19, que é atualizado diariamente às 17h e permite analises profundas, e o IndicaSUS, utilizado pelo Estado para notificações de casos, internações, óbitos entre outros.

Participaram da reunião os seguintes representantes: do Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde (COSEMMS/MT); do Hospital Universitário Júlio Muller; do Conselho Regional de Medicina (CRM-MT); da Superintendência de Atenção à Saúde (SAS/SES/MT); da Secretaria do Complexo Regulador da SES-MT; da Superintendência de Vigilância em Saúde da SES-MT; da Superintendência de Gestão Regional; da Secretaria Adjunta de Unidades Especializadas; da Policia Civil; da Secretaria Adjunta Executiva e de Finanças e Convênios da SES-MT; do CIEVS; do Conselho Estadual de Saúde; da Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá e Várzea Grande.

A reunião faz parte do plano de atuação do COE-MT, que prevê a realização de encontros frequentes e extraordinários – a cada 15 ou 30 dias – para a tomada de decisões ligadas ao monitoramento e combate à propagação do vírus que circula no Brasil, já havendo a confirmação de 74.770 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso e registrados 2.416 óbitos, até esta segunda-feira.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *