https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/07/vacina20.jpg

CORONAVÍRUS

Vacina brasileira da Covid-19 quer garantir imunização a longo prazo

A vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo Brasil em parceria com os Estados Unidos está na etapa pré-clínica, mas promete bons resultados. Quem afirma isso é Helena Faccioli, CEO da Farmacore Biotecnologia, laboratório que desenvolve os testes em parceria com americana PDS Biotech Corporations.

“Os testes iniciais estão sendo desenvolvidos nos EUA e estamos com resultados iniciais muito promissores. Nossa perspectiva é que no final de novembro, começo de dezembro a gente já consiga trazer essa vacina para iniciar os testes clínicos em humanos”, explica.

“Estamos na etapa de comprovação do pré-clínico, da elaboração de todos os documentos necessários para a Anvisa à produção do lote experimental. Nossa ideia é fazer no Brasil, já que é uma tecnologia brasileira. Uma vacina brasileira contra a Covid”, continua.

Helena estima que é muito difícil uma vacina chegar ao mercado com menos de 18 meses. Como o desenvolvimento do medicamento começou em março, a executiva acredita que ainda levará um ano para a vacina ser disponibilizada.

Mas faz sentido uma vacina ser desenvolvida para daqui um ano, sendo que existem tantas tão à frente?

“O diferencial da nossa é que vai garantir uma imunização a longo prazo. Ela não tem vírus atenuado e sim pedaços de proteínas do vírus”, diz Helena. “Por isso, não tem risco de causar novas infecções e os efeitos colaterais são quase inexistentes. Ela vai garantir uma prevenção longa, previne reinfecções também”, promete. Assista à íntegra acima.

(Edição: André Jankavski)

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 23 de agosto de 2020 às 01:42:52