https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/08/50273270007_53d3725ecb_o.jpg

1º JOGO

Gol nos acréscimos põe Galo à frente da Tombense na final do Mineiro

© Bruno Cantini e Pedro Souza/Agência Galo/Atlético-MG

Um gol do atacante Keno, aos 52 minutos do segundo tempo, colocou o Atlético-MG à frente do Tombense na decisão do Campeonato Mineiro.

A vitória desta quarta-feira (26), por 2 a 1, no Mineirão, deu ao Galo, que busca o 45º título estadual, a vantagem do empate no jogo de volta no domingo (30), às 16h (de Brasília), também em Belo Horizonte.

É que o Almeidão, estádio da cidade de Tombos (MG), não está homologado para receber a arbitragem de vídeo.

Coube justamente ao VAR, aos 14 minutos do segundo tempo, identificar um pênalti do zagueiro Júnior Alonso em cima de Rubens, do Tombense. O próprio atacante bateu e marcou o sétimo gol dele no Mineiro, do qual é o artilheiro.

Porém, a vantagem durou apenas cinco minutos. Alonso compensou a penalidade com um chute forte de fora da área, que o goleiro Felipe soltou nos pés do atacante Eduardo Sasha, que deixou tudo igual.

As equipes não se intimidaram com o empate e buscaram o gol, mas pararam nas defesas dos goleiros Rafael, do Atlético-MG, e Felipe, do Tombense, que se redimiu da falha no gol de Sasha. Quando a igualdade parecia irreversível, veio a virada.

No último minuto do acréscimo, após os atacantes do Galo rodarem a bola na entrada da área, Keno bateu, a bola desviou no zagueiro Matheus Lopes e parou nas redes, definindo o placar.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *