https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/09/unnamed.jpg

"TEMPO É DINHEIRO"

Operação investiga fraudes do Consórcio Rio Verde no Ganha Tempo de MT

reprodução

A Polícia Civil deflagrou a Operação “Tempo é Dinheiro” na manhã desta terça-feira (1), por meio da Delegacia de Combate a Corrupção (Deccor) que apura fraudes no Ganha Tempo.

De acordo com informações, são cumpridos mandados de busca e apreensão nas unidades do Ganha Tempo em Cuiabá.

As informações ainda apontam que as supostas fraudes ocorrem nas unidades administradas pelo Consórcio Rio Verde, que obteve a concessão das unidades ainda na gestão do Governo Pedro Taques e irá administrar as unidades até o ano de 2032.

Pelo contrato, o Governo paga o consórcio de acordo com os número de serviços prestados.

Desta forma, as investigações teriam apontado que o Estado estava pagando por serviços não prestados.

Uma vez que a empresa prestadora do serviço emitia senhas, mas não realizava o atendimento.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 1 de setembro de 2020 às 13:54:18
  • 1 de setembro de 2020 às 12:39:01