https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/09/Governador-Mauro-Mendes-e-comitiva-visitam-o-Porto-de-Cáceres.jpg

PARAGUAIA-PARANA

Porto de Cáceres está reformado e pronto para operar, afirma governador

Mayke Toscano/Secom-MT

O Porto Fluvial de Cáceres foi reformado e está pronto para operar com o transporte de cargas pela Hidrovia Paraguai-Paraná. Em visita ao município de Cáceres (225 km a Oeste), o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes conheceu o local, que será responsável por escoar boa parte da produção de grãos da região Oeste e Sudoeste do estado.

“No ano passado construímos a solução junto com a Associação dos produtores da região. Ele está todo reformado, e pronto para operar. A licença ambiental já foi concedida. É uma obra muito esperada, que soma com a ZPE (Zona de Processamento de Exportação), que é outra importante iniciativa que está há décadas aguardando, e agora, nós retomamos”, afirma o governador.

A estrutura estava desativa há pouco mais de 10 anos, e será reativada após as melhorias implantadas por meio de uma cooperação entre a Companhia Mato-Grossense de Mineração (Metamat), a Associação Pró-Hidrovia do Rio Paraguai (APH), para a retomada das atividades.

A previsão é de que o Porto possa funcionar ainda neste ano, conta o secretário de Desenvolvimento Econômico (Sedec), César Miranda. “Definitivamente, tanto a ZPE, quanto o Porto, vão operar desenvolvendo toda essa região, trazendo indústrias, gerando empregos, agregando valor aos nossos produtos. Vai ser uma nova fase para a região Oeste de Mato Grosso”, avalia.

Formada por produtores da região, a Associação Pró-Hidrovia investiu aproximadamente R$ 1,5 milhão na obra de readequação. Com o início das atividades, será possível não apenas um custo benefício mais atrativo para o produtor na exportação de produtos, como na importação de fertilizantes e adubos de países vizinhos pelo modal hidroviário.

O Porto Fluvial de Cáceres é delegado pela União para a administração pela Companhia Mato-grossense de Mineração (Metamat) desde 1998.

Também acompanharam a visita os secretários estaduais Marcelo de Oliveira (Sinfra), Gilberto Figueiredo (Saúde), Nilton Borgatto (Seciteci), Nilton de Britto (adjundo da Sinfra) e Jefferson Moreno (ajunto de Turismo), o deputado federal Neri Geller e os deputados estaduais Dilmar Dal Bosco, Wilson Santos, Valdir Moretto, Max Russi e Dr. Leonardo Albuquerque.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *