https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/07/Coronel-Fernanda-para-incentivar-agronegócio-e-políticas-de-emprego-e-renda-Fernanda-de-Oliveira-Santos-8.jpeg

'PROVA IRREFUTÁVEL'

Coronel Fernanda tenta cassar candidatura do Rei do Porco ao Senado

A Coligação Meu Partido é o Brasil (Patriota e Republicanos) da candidata ao Senado, Coronel Fernanda (Patriota), entrou com um pedido junto à Justiça Eleitoral para que o TRE-MT promova uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral contra o candidato a primeiro suplente da Coligação Muda Mato Grosso, Gilberto Moacir Cattani, para cassar o registro de candidatura da chapa, que tem como candidato ao Senado, Reinaldo Gomes de Morais (PSC), mais conhecido como Rei do Porco.

A coligação da coronel Fernanda alega que Cattani participou da entrega de títulos de propriedade rurais em Sorriso, juntamente com o Presidente Jair Bolsonaro, no dia 18 de setembro, e apresenta vídeo publicado na rede social Facebook do candidato, o que apresenta como prova irrefutável. (Link do vídeo aqui)

O grupo aponta que a conduta é proibida com base no artigo 77 da Lei da Eleições (9.504/97), que visa impedir o uso da máquina pública a favor de determinada candidatura e reprimir o abuso de poder político, proíbe qualquer candidato de comparecer, nos três meses que antecedem ao pleito, à inauguração de obras públicas.

 O evento em que candidato a suplente de senador participou, e que foi divulgado nas redes sociais não se trata de inauguração de obras públicas, mas a coligação argumenta que a entrega de títulos de propriedades rurais é semelhante e por isso a lei ser aplicada nos mesmos moldes.

Veja Mais

Um comentário em “Coronel Fernanda tenta cassar candidatura do Rei do Porco ao Senado”

  1. ALMEIDA disse:

    Ela tá tentando vencer por WO? Só pode, pois araçá todos os adversários querendo que sejam casados kkkkk

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 2 de outubro de 2020 às 19:11:58
  • 2 de outubro de 2020 às 19:10:09