https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/06/psd-pode-obrigar-carlos-favaro-a-declarar-apoio-a-pedro-taques-785x466-1.jpg

PROPAGANDA IRREGULAR

Fávaro é multado em R$ 50 mil por descumprir decisão judicial

Reprodução

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) publicou, na última terça-feira (20.10), decisão que penaliza o candidato ao Senado, Carlos Fávaro (PSD), por descumprimento da exibição de propaganda eleitoral irregular. Fávaro, assim, terá que pagar R$ 50 mil por ter infringido a ordem do juiz Ciro José de Andrade de Arapiraca, na qual o senador-interino não poderia mais veicular a propaganda na qual Mauro Mendes (DEM) faz fala de apoio maior do que o tempo permitido.

A representação foi feita pela chapa “Mato Grosso Por Inteiro”, de Nilson Leitão (PDSB).

De acordo com a decisão, Carlos Fávaro desobedeceu liminar concedida no começo deste mês, que constatava o tempo de fala do atual governador em 50%, superior aos 25% estabelecido em lei.

O candidato, assim, estava proibido de continuar a divulgá-la na televisão e na rádio. O juiz relembra que o representado, Fávaro, sequer contestou a sua decisão, o que significava que ele estava ciente da mesma.

Além da multa de R$ 50 mil, Carlos Fávaro não poderá continuar a exibir propagandas eleitorais que desrespeitem o tempo limite de fala de apoio.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 22 de outubro de 2020 às 20:08:31
  • 22 de outubro de 2020 às 20:07:36