https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/11/matogrossomais_imagem1_netbet-1.jpg

Streaming e jogos são destaques do segmento de entretenimento online no Brasil

Pixabay

No cenário do entretenimento doméstico, serviços de streaming, jogos de cassinos, esportes eletrônicos e apostas esportivas online estão atingindo novos patamares, impulsionando este segmento de mercado com força significativa devido aos seus benefícios como conveniência, custo de acesso, e escolha de local e horários.

Atividades de lazer como serviços de streaming e jogos virtuais já estavam ganhando impulso antes da pandemia do Covid-19, mas quando os eventos tradicionais foram cancelados na maioria dos países ao redor do mundo, estes modelos de entretenimento conquistaram dezenas de milhões de novos espectadores instantaneamente.

O segmento de cassinos e apostas virtuais no Brasil

Nos bastidores dessa infraestrutura global que conecta usuários à sua diversão preferida estão as plataformas de cassinos e apostas online, que disponibilizam aos usuários brasileiros o acesso direto às suas modalidades preferidas, como a NetBet blackjack, com propostas que permitem uma experiência emocionante com esse jogo de cartas, mais completa do que a vivida em um cassino físico.

Este ramo do entretenimento, antes disponível apenas para jogadores em viagens luxuosas, já passou a fazer parte do cotidiano dos entusiastas brasileiros, pela Internet. Sites de jogos e apostas virtuais, que antes eram vistos com desconfiança, hoje oferecem soluções de segurança das mais confiáveis do mundo, permitindo o resgate de prêmios e outras transações financeiras com extrema facilidade e credibilidade.

Oferecendo uma grande variedade de opções, os sites de cassinos e apostas online vão muito além dos jogos tradicionais – recursos extra, recompensas, bônus e acúmulo de pontos de fidelidade aparecem como diferenciais em oportunidades que dificilmente se tornam entediantes para o apostador.

O mercado de jogos e apostas no Brasil é movimentado pelas grandes operadoras internacionais, uma vez que ainda não está regulamentada a instalação destas casas no país. Embora toda essa movimentação tenha ocorrido no ambiente virtual, a popularidade das plataformas de apostas e jogos de cassino já chegaram a um alto nível, com expectativa de crescimento gigantesco baseado no crescente número de adeptos e na qualidade dos sites.

Anualmente, o setor de jogos e apostas já movimenta cerca de R$ 20 bilhões no Brasil. Com o destaque recebido por este setor da indústria do entretenimento, o aumento do número de jogadores ativos, as novas tecnologias para os aplicativos móveis e uma perspectiva de regulamentação por parte do Governo Federal, o segmento deve crescer ainda mais, com ótimas previsões para as apostas esportivas, uma vez que grandes operadoras internacionais já patrocinam clubes do futebol brasileiro e o esporte é uma preferência nacional.

O “boom” do mercado brasileiro de streaming de vídeo

Os serviços de streming também estabelecem o tom quando o assunto é entretenimento, ganhando cada vez mais a atenção massiva dos telespectadores brasileiros. Gigantes como a Netflix, Amazon Prime Video e Globoplay, que oferecem diferentes tipos de conteúdo para atende demandas específicas, já constam como um dos principais meios de diversão nos lares do país. Além disso, o consumidor pode contar com planos mensais de assinatura com preços acessíveis, podendo dividir o acesso com outros membros da família.

Segundo um levantamento recente da Fundação Getúlio Vargas (FGV), realizada pelo pesquisador Murilo Dias, o setor de streaming no Brasil teve um faturamento de R$ 17,8 bilhões entre 2019 e 2020. Este montante resume o potencial do segmento no país, que, com a previsão da chegada de novas plataformas como a Disney+, estreando em 17 de novembro, deverá expandir ainda mais.

Outros números referentes especificamente à Netflix, divulgados pela consultoria QR Capital, apontam que a gigante do streaming terá um faturamento de cerca de R$ 6,7 bilhões no Brasil, neste ano. A empresa só perde neste quesito para a Globo, que baterá os R$ 9,7 bilhões de faturamento em 2020.

Mas essa liderança parece estar com os dias contados – há uma forte tendência de que a receita da Netflix supere o maior canal aberto do país até o final de 2022, caso o serviço online apresente um crescimento de 20% ao ano. Isso talvez seja provável mesmo com a aguardada concorrência no universo do streaming brasileiro, pois em 2018, a base de assinantes da Netflix no país era de 8 milhões. Em junho de 2020, o número de usuários passou para 17 milhões – um crescimento de quase 100% no período de um ano.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *