https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/11/Ludio-Cabral-tribuna-2-Fablicio-Rodrigues-ALMT.jpg

EDUCAÇÃO ESTADUAL

Lúdio cobra esclarecimentos sobre fechamento de 300 escolas em Mato Grosso

Da assessoria

O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, presta esclarecimentos no plenário da Assembleia Legislativa a partir das 8h dessa quarta-feira (25). A agenda atende a convocação dos deputados estaduais Lúdio Cabral (PT) e Henrique Lopes (PT), que foi transformada em convite pela Mesa Diretora. Lúdio vai cobrar do secretário explicações sobre o fechamento de cerca de 300 escolas estaduais em Mato Grosso e de 21 Centros de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) anunciados pelo governo, entre outras questões.

“O governador coleciona maldades contra a educação pública de Mato Grosso e contra os trabalhadores da educação. A mentalidade de patrão, mais uma vez, falou mais alto, e ele decidiu fechar 300 escolas estaduais para cortar custos. Mas o governador não considera o custo social dessas medidas economicistas”, afirmou Lúdio.

Lúdio, que é médico sanitarista, observou que o fechamento de escolas e a concentração de estudantes em um número menor de unidades escolares provoca aglomerações, o que não é recomendado em função da pandemia de covid-19. A retomada das aulas presenciais em Mato Grosso está prevista para fevereiro de 2021.

“Estamos no meio de uma pandemia e não se faz retorno seguro fechando escolas e aglomerando alunos e trabalhadores em um número menor de escolas. A educação precisa de fortalecimento, de melhorias na estrutura das escolas e nas condições de trabalho, para que a educação aconteça próximo de onde as crianças e os jovens vivem. Com as escolas fechadas, onde eles vão estudar? É preciso investir em educação e não cortar, como o governador maldosamente vem fazendo”, disse Lúdio.

O deputado vai cobrar também esclarecimentos sobre a privatização da formação dos educadores com o fechamento dos Centros de Formação dos Profissionais da Educação Básica (Cefapro), além de medidas para nomeação de classificados e habilitados no cadastro de reserva do último concurso e atribuição de aulas de professores interinos.

Na semana passada, Lúdio realizou uma reunião com o secretário, a equipe técnica da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e o Fórum de Educação de Jovens e Adultos e, na ocasião, Alan Porto se comprometeu a paralisar o fechamento dos Cejas e discutir com o fórum o projeto do governo para mudar a política de EJA em Mato Grosso. A Seduc deve apresentar os estudos ao fórum na próxima sexta-feira (27).

Veja Mais

Um comentário em “Lúdio cobra esclarecimentos sobre fechamento de 300 escolas em Mato Grosso”

  1. Se estamos em estado democrático como podemos calar as nossas vozes em favor dessa tragédia de fechamentos das escolas públicas estaduais? E as crianças, os jovens e os adultos como ficarão sem estudar? Qual é o futuro dessa nação onde a educaçao tem um grande valor na vida de cada pessoa?

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *