https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/06/amp-amp-JUca-do-GUarana2.jpg

MOBILIDADE URBANA

Após reunião, Juca do Guaraná diz ser contra a mudança de modal para BRT

REPRODUÇÃO

Em reunião a convite do presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), o deputado Eduardo Botelho (DEM) e o presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Juca do Guaraná (MDB), discutiram pautas relacionadas ao Ônibus Rápido de Transporte (BRT) e Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT).

“Aproveitamos para trocar assuntos pertinentes à Cuiabá, mudança do modal de transporte, de VLT para BRT, o que não foi discutido com a Câmara de Cuiabá, nem com a população cuiabana. Questão das vacinas, como podemos fazer para ampliar o número de vacinados e nós colocamos a disposição também a nossa casa, para que possamos trabalhar em conjunto”, disse o vereador.

Juca aproveitou a oportunidade para questionar as atitudes do Governo do Estado de Mato Grosso, segundo ele, o BRT foi imposto por Mauro Mendes (DEM) sem que houvessem discussões com a Câmara Municipal cuiabana e várzea-grandense ou para com a população.

“Uma decisão monocrática que foi tomada sem ouvir as câmaras, os seguimentos que representam de fato a população”, completou.

Enquanto isso, Eduardo Botelho quando questionado sobre a ausência de um convite por parte do Estado à Prefeitura Municipal de Cuiabá para um debate relacionado ao BRT, afirmou que a decisão governamental foi puramente técnica e não política.

“A decisão não foi política, por isso não foram ouvidos nem os deputados, ninguém participou, foi uma decisão puramente técnica”.

A questão referente a uma comissão que seria formada para tratar do VLT / BRT e os nomes de quem integrariam essa comissão foi levantada durante a entrevista a qual Lídio Barbosa respondeu: “Não, nós vamos discutir com os pares, o assunto é muito importante”, afirmou o presidente da Câmara.

O vereador foi indagado também sobre qual seria sua opinião a respeito da junção inédita entre a Assembleia Legislativa Estadual e a Câmara Municipal para um diálogo relacionado aos modais de transporte.

“Quero agradecer o presidente Botelho que está dando espaço para a Câmara de Cuiabá, isso é inédito durante todos os meus anos como vereador e quero dizer que os assuntos pertinentes a Cuiabá, nós queremos ser ouvidos e vamos defender com toda a garra e força que se exige do presidente da Câmara de Cuiabá”, disse Juca.

Além disso, após ser questionado se era contra ou a favor do BRT, o vereador afirmou ser contrário, já que o modal, segundo ele, está ultrapassado. “Eu acredito, na minha modesta opinião, o nosso projeto foi para VLT, o BRT tem quase meio século que já existe em Curitiba, por exemplo, o VLT é mais moderno”, afirmou ele.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 21 de janeiro de 2021 às 16:31:39
  • 21 de janeiro de 2021 às 15:36:57