https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/09/f84dfb9836b4e92cd9524b95340bf79d-1-1.jpg

SEM CONVERSA

Emanuel não enviará ninguém para reunião com o Estado sobre BRT

Montagem

Como já noticiado pelo Site Mato Grosso Mais, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), não enviará nenhum representante para a reunião organizada pelo Governo do Estado, onde o Executivo apresentará o plano funcional da rede integrada do transporte coletivo, para a implantação do Ônibus de Trânsito Rápido (BRT), em Cuiabá e Várzea Grande.

“A Prefeitura de Cuiabá reitera que já criou o Comitê de Análise Técnica para Definição do Modal de Transporte Público da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá e, por esse motivo, não enviará nenhum representante para a reunião realizada pelo Governo do Estado”, consta na nota enviada à imprensa.

O que pesa nesse impasse político entre o chefe do Executivo Municipal e o governador de Mato Grosso, é o futuro público dos dois. Mauro vai se candidatar à reeleição em 2022, já Pinheiro sonha em ser governador, ele ainda não admitiu publicamente, mas há essa queda de braço entre às duas maiores forças políticas do Estado demonstram isso.

O que mais incomodou Emanuel, e o que ele coloca em sua defesa, foi ser ignorado por Mauro e, por isso, o emedebista não aceita a troca do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) para o BRT. “Já entrei com mais duas ações, entrei com uma representação e vou lutar para que possamos discutir em conjunto Cuiabá, Várzea Grande, Estado, bancada Federal e Governo Federal, o melhor modelo para a população”, finalizou Emanuel.

Este Comitê vai avaliar qual modal é viável para a Capital e também os estudos do Governo do Estado, que em decisão unilateral, optou pela troca do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) para o Bus Rapid Transit (BRT). “O grupo será o responsável para debater de forma democrática com diversas entidades sobre qual é o modal mais viável para a Capital. Ao final o grupo entregará ao prefeito Emanuel Pinheiro um parecer técnico”, explica a Prefeitura.

Nota à imprensa

– A Prefeitura de Cuiabá reitera que já criou o Comitê de Análise Técnica para Definição do Modal de Transporte Público da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá e, por esse motivo, não enviará nenhum representante para a reunião realizada pelo Governo do Estado.

– O grupo será o responsável debater de forma democrática com diversas entidades sobre qual é o modal mais viável para a Capital. Ao final o grupo entregará ao prefeito Emanuel Pinheiro um parecer técnico.

– O Comitê terá representantes das secretarias municipais de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Sustentável, Mobilidade Urbana (Semob) e Obras Públicas.

– Participarão ainda o superintende do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o engenheiro José Picolli Neto, e o ex-secretário nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana, do Ministério das Cidades e ex-assessor do Metrô-São Paulo, o economista José Roberto Generoso.

– Representantes do Governo do Estado e da Prefeitura de Várzea Grande também serão convidados para compor o Comitê.

Leia mais 

Emanuel sinaliza que não comparecerá em reunião do Governo sobre BRT

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 22 de janeiro de 2021 às 19:42:11
  • 22 de janeiro de 2021 às 19:06:55