https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2021/01/WhatsApp-Image-2021-01-26-at-11.17.46.jpeg

CAMPANHAS DE VACINAÇÃO

Mendes lamenta casos de “fura fila” e cobra investigação do MP e TCE em MT

O governador Mauro Mendes (DEM), cobrou incisivamente do Ministério Público e o Tribunal de Contas de Mato Grosso que investiguem e punam todos aqueles que estão “furando fila” nas campanhas de vacinação no Estado. O democrata lamentou tais ações em conversa com à imprensa na manhã desta terça-feira (26).

“Primeiro eu acho lamentável, e segundo necessário que o Ministério Público e o tribunal de Contas atuem com firmeza e com rapidez”, cobrou Mendes.

Desde o inicio das campanhas de vacinação no Brasil, começaram as denuncias de populares que de alguma forma estavam conseguindo imunização antecipada. Em Cuiabá não foi diferente, no primeiro dia do “Vacina Cuiabá, sua vida em primeiro lugar”, já havia denuncias de irregularidades.

“Existem milhares, milhões de cidadãos que estão nessa fila aguardando sua vez, e não é justo, que alguns espertalhões, façam esse tipo de coisa, enganando todo mundo. Eu espero que o MPMT e o TCE ajam com rapidez e com celeridade, que esclareça e punam quem realmente fez esse tipo de atitude”, finalizou o governador.

A 7ª Promotoria de Justiça Cível com Tutela Coletiva da Saúde de Cuiabá instaurou inquérito civil, na última quinta-feira (21), para apurar supostas falhas e problemas na execução dos serviços de vacinação contra a Covid-19 nos municípios de Cuiabá e Acorizal.

Auditores do TCE-MT fiscalizaram na sexta-feira (22), as instalações do Centro de Vacinação contra a Covid-19 em Cuiabá, instalado no Centro de Eventos do Pantanal. Nesta semana, o órgão de controle externo vai formalizar o pedido para que a Prefeitura de Cuiabá encaminhe a lista nominal dos imunizados na primeira etapa de vacinação para fazer o cruzamento de dados com o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES).

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 26 de janeiro de 2021 às 17:28:50
  • 26 de janeiro de 2021 às 15:53:52