https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2021/01/b4de6eba8f2de0b281fecc0050967881.jpg

MORTE ENCOMENDADA

Polícia descarta participação de mais um detido pela morte de Teresinha

A Polícia Civil já concluiu que o homem detido pela PM nesta quarta-feira (27), suspeito de participar da morte da presidente do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear), Terezinha Silva de Souza, de 53 anos, não estava envolvido no crime.

O homem foi o segundo a ser detido por suspeita de ter matado Terezinha. Segundo a Polícia Civil, oitivas e exames periciais já foram realizados e descartaram sua participação.

A presidente foi executada no dia 15 de janeiro na região central de Rondonópolis, quando seguia de casa para o trabalho.

Apesar de a PM ter feito as detenções até agora, quem investiga homicídios é a Polícia Civil, que ainda não anunciou nenhuma conclusão sobre quem possa ter cometido o assassinato.

Terezinha era uma das principais aliadas do prefeito reeleito, José Carlos do Pátio (SD).

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 28 de janeiro de 2021 às 20:20:41