https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/10/WhatsApp-Image-2020-10-08-at-09.48.38.jpeg

COMBATE AO CORONAVÍRUS

Emanuel trabalha para abrir 40 leitos, chegando a 400 para atender Covid-19

Assessoria

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, afirmou que trabalha na requisição para a abertura de mais 40 leitos de enfermaria que atenderá pacientes acometidos pela Covid-19, no Hospital Militar, localizado no bairro Goiabeiras, na Capital.

 “Estamos preparando, ainda não tenho data, porque depende de equipe médica, recursos humanos, equipamentos e uma adequação no local. Mas quero abrir lá mais 40 leitos de enfermaria, chegando a 400 leitos, se Deus quiser entre UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e Enfermarias para salvar vidas e acolher a população cuiabana e a população mato-grossense, nessa guerra travada contra a pandemia da covid, até que chegue a vacina, que é meu foco maior”, disse Emanuel.

Na última semana, o prefeito anunciou a mudança na estrutura do Hospital Municipal São Benedito, transformando-o em hospital referência no atendimento à Covid-19. A unidade de saúde, já disponibilizava para a população 40 leitos de UTI Covid. Com a mudança, o Hospital passa a contar com 60 leitos de UTI e outros 40 leitos de enfermaria, tornando assim, a segunda unidade de saúde referência no atendimento para pacientes com a covid na Capital.

Com a instalação dos novos leitos, a capital passa a ter 155 leitos exclusivos de UTI Covid, distribuídos entre Hospital Referência (95 vagas – sendo 80 para adultos e 15 pediátricas) e outras 60 no São Benedito.

Além do reforço na terapia intensiva, Cuiabá passa a contar com mais 109 leitos de enfermaria exclusivas para pacientes com covid-19, sendo 18 na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Verdão, 25 leitos na Policlínica do Verdão, 26 na UPA Sul, que fica no bairro Pascoal Ramos. O Hospital Municipal São Benedito, passa a contar também com 40 leitos de enfermaria para casos de covid-19, assim como o antigo Pronto Socorro, que possui mais 96 leitos de enfermaria.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *