https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2021/03/gabinete-Ze-Carlos.jpg

RONDONÓPOLIS

Prefeito assume as rédeas da Secretaria Municipal de Saúde

Fonte assessoria

Com foco prioritário nas medidas de enfrentamento à pandemia da Covid-19, o prefeito José Carlos do Pátio transferiu  nesta quinta-feira (18)  o seu gabinete à Secretaria Municipal da Saúde (SMS). Todos os despachos e atendimentos do prefeito  nos próximos dias serão realizados na sede da pasta localizada no Jardim Santa Marta, afim de agilizar os procedimentos para a ampliação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e nos leitos intermediários, ampliando assim a capacidade de atendimento.

“Resolvi transferir meu gabinete para cá (Secretaria de Saúde) para acompanhar in loco e dar mais celeridade nos procedimentos que estamos  tomando para ampliar a capacidade de atendimento dos rondonopolitanos acometidos pela Covid-19, como, por exemplo, a instalação de mais leitos de UTIs, leitos intermediários (Semi-intensivos)  e a  contratação de mais médicos plantonistas para UPA”, disse o prefeito.

As informações acima são do Gabinete de Comunicação da prefeitura de Rondonópolis,  porém, fontes ligadas ao executivo informaram  à equipe do site MATO GROSSO MAIS  que, a iniciativa do prefeito Zé Carlo do  Pátio em transferir o gabinete dele para a Secretaria de Saúde está ligada a um fato ocorrido na noite da segunda-feira (15), na UPA.

RELATOS

Segundo informações, naquela noite, (15), o prefeito foi chamado às pressas até a unidade de saúde, porque uma paciente clamava  por viver e a UPA não estaria preparada  para oferecer o atendimento necessário.

Ainda segundo nossa fonte,  “quando chegou na UPA é que o prefeito conseguiu ver com os próprios olhos tudo que “tava” acontecendo lá dentro, como  por exemplo, a questão do oxigênio que ainda não “tava” instalado, equipe sobrecarregada, faltando servidores, faltando insumos, faltando leitos, faltando oxigênio e faltando o aparelho o respirador”.

“Aí  o prefeito autorizou hoje (16), a contratação de mais enfermeiros, de mais técnicos, de mais médicos, porque só tinha um médico  no plantão ontem (15), teve que chamar médicos  que não “tava” nem de plantão, que não “tava” na escala veio pra ajudar porque precisava intubar né, e um médico que não tem experiência pra intubar ele não pode intubar”, relata a fonte.

“Ah e outra coisa: a equipe de médicos pediu a cabeça do diretor técnico que é o Dr. Fernando, pediram a cabeça dele também porque não tem diálogo, porque quer fazer economia de tudo etc”, finaliza a fonte.

Toda essa situação preocupou muito o prefeito, que promete ser enérgico e pontual em suas decisões.

Além de todas essas informações, os comentários nos corredores da prefeitura indicam a possibilidade de troca do secretário  de saúde. Enquanto isso, vale lembrar que, caminhando para o quarto mês de gestão,  outras pastas do município continuam sem comando,  o Trânsito  é uma delas.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 19 de março de 2021 às 15:04:56