https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2021/04/HR-1.jpg

FIM DO IMPASSE

Leitos de UTI Covid começam a funcionar neste domingo em Rondonópolis

Foto Internet

Finalmente os 20 leitos de UTI destinados ao atendimento de pacientes com Covid-19 instalados no Hospital Regional de Rondonópolis, devem entrar em funcionamento a partir das 7 horas da manhã deste domingo ( 11).


” Somos vitoriosos, aí está o resultado do nosso trabalho, uma batalha árdua, mas que valeu a pena”, disse a vereadora Marildes Ferreira, presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Rondonópolis.

ENTENDA O CASO

Até a última sexta-feira (9), o fato de ter no Hospital Regional Irmã Elza Giovanella, em Rondonópolis, 20 leitos de UTI Covid montados e sem atendimento, não era de conhecimento da sociedade local, nem mesmo dos 18 municípios contemplados pela Região Sudeste do Estado de Mato Grosso, que têm Rondonópolis como Polo no atendimento da Saúde Pública.

Essa situação só se tornou pública depois da denúncia feita no programa “Passando a Limpo”, da rádio 105 FM de Rondonópolis, apresentado pelo jornalista Agnelo Corbelino.
A repercussão da notícia provocou a ida de uma comitiva formada pela vereadora Marildes Ferreira, presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores de Rondonópolis, vereador Reginaldo dos Santos, líder do Prefeito José Carlos do Pátio no legislativo e do Secretário Municipal de Saúde, Vinícius Amoroso, até o Hospital Regional onde puderam verificar ‘in loco’, a veracidade da informação.

Lá, eles constataram que de fato, os 20 leitos estavam montados e que deveriam ter sido colocados em funcionamento no dia 5 deste mês. Porém, ainda faltavam dois equipamentos, sendo um respirador de transporte e um marca-passo. De imediato a Secretaria Municipal de Saúde e a Santa Casa de Misericórdia cederam os equipamentos.
Contudo, mesmo com todos equipamentos em ordem, a informação da direção do hospital era de que a empresa vencedora da licitação, responsável pela montagem, manutenção e funcionamento da UTI, ainda não havia composto a equipe técnica.

A partir daí, travou-se uma verdadeira batalha no intuito de viabilizar o funcionamento dos leitos. A comitiva formada por vereadores e secretário, permaneceu desde a última sexta-feira até a noite deste sábado, atenta a todos os detalhes, participando ativamente até chegar ao desfecho favorável para a comunidade.
Na tarde deste sábado (10), a empresa Instituto Mato-grossense de Terapia Intensiva, responsável pelos 20 leitos, finalmente apresentou o documento necessário para o funcionamento da UTI.

A atitude dos vereadores e secretário municipal de saúde dividiu opiniões em Rondonópolis. O vereador Subtenente Guinâncio (PSDB), por exemplo, não concordou com o comportamento dos colegas. “A empresa que venceu o certame para operacionalizar a UTI não apresentou a comprovação dos requisitos de qualificação/habilitação de alguns profissionais nos termos do edital, por mais que seja o desejo e necessidade de que os leitos sejam abertos é preciso prudência e responsabilidade, não há como ignorar isso, a pergunta é: Alguém deixaria seu filho ser entubado por um médico que não possui a habilitação? Vejo que a ação de invasão do hospital Regional foi uma ação política que em nada ajuda a resolver o problema criado pela empresa que conforme declarações da SES-MT já foi notificada e vem sendo exibida a resolver o problema. É preciso cobrar e exigir, mas devemos fazê-lo sempre com a verdade, seja ela útil politicamente ou não”, disse Guinâncio.

Por outro lado, mais parlamentares foram solidários a iniciativa de Marildes Ferreira e Reginaldo dos Santos. Como foi o caso de Ozéas Reis (PP), Marisvaldo (PSL), Adonias Fernandes e Investigador Gerson ambos do MDB , Paulo Schu (DC) entre outros vereadores que também montaram plantão na sede do Hospital Regional no aguardo pela solução do problema.

Os leitos devem entrar em funcionamento na manhã deste domingo (11), sem que haja nenhuma solenidade para registrar o fato, segundo informações do próprio Governo do Estado.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 11 de abril de 2021 às 03:06:54