https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2021/04/WhatsApp-Image-2021-04-20-at-12_58_041.jpeg

DELEGACIA DO IDOSO

PC instaura investigação para apurar atendimento durante vacinação

A Polícia Civil, através da Delegacia Especializada de Delitos Contra a Pessoa Idosa (DEDCPI), abrirá um Auto de Investigação de Preliminar (AIP) para apurar as condições de atendimento aplicadas aos idosos que compareceram para vacinação contra a covid-19 no Sesc Balneário, em Cuiabá.

A equipe da DEDCPI recebeu informações que no ponto de vacinação, os idosos estavam enfrentando problemas nas condições de atendimento até chegarem ao momento de serem efetivamente vacinados.

Segundo as informações, não era permitida a entrada de veículos no local e os idosos tinham que ficar esperando em uma fila, no sol, do lado de fora, para então embarcarem em um ônibus em que eram levados para triagem. A denúncia aponta que os idosos iam em pé e aglomerados dentro do ônibus, que transportava cerca de 30 pessoas por vez.

As pessoas com agendamento para a vacinação acreditavam que a vacina seria aplicada no sistema de “Drive-thru”, porém ao chegarem no local não puderem nem entrar com o veículo, havendo apenas a possibilidade de ser conduzido no ônibus junto a terceiros.Após a triagem, os idosos tinham que novamente embarcar no mesmo ônibus para depois serem levados para o local em que era aplicada a vacina. Os investigadores da Delegacia do Idoso estiveram no local e constataram a veracidade das informações, assim como o descontentamento e indignação das pessoas presentes.

O delegado da DEDCPI, Vitor Chab Domingues, disse que abrirá o procedimento para averiguar os fatos e já comunicou o Conselho Municipal do Idoso, assim como também oficiará 34ª Promotoria Civil do Idoso e as Secretarias Municipal e Estadual de Saúde.

“Em relação aos agentes de saúde que aplicaram as vacinas não há reclamações, as vítimas ressaltaram que eles foram bastante educados e atenciosos. As condições que será apurada é em relação ao momento anterior, que os idosos tiveram que enfrentar até o momento em que finalmente fossem vacinados”, disse o delegado.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 21 de abril de 2021 às 19:12:28
  • 21 de abril de 2021 às 19:10:16