https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/12/sirene-1.jpg

EM CUIABÁ

Grupo de haitianos estupra idosa de 60 anos no bairro Pascoal Ramos

Três haitianos, ainda não identificados, estupraram uma idosa de 60 anos na última quinta-feira (15), em uma residência no bairro Pascoal Ramos, em Cuiabá.

De acordo com o relato, a idosa estava terminado de guardar algumas cadeiras dentro de casa e enquanto fechava o portão com um cadeado, um homem de bicicleta a abordou e invadiu a casa.

Logos após entrar na residência ele chamou outros dois comparsas que a estupraram na chão da sala.

A vítima não soube reconhecer os estupradores, mas afirmou que eles eram haitianos, pois falavam no “idioma deles”.

Após o crime, a mulher chamou um vizinho, que acionou a Polícia Militar via 190. A vítima passou por exames de corpo e delito na Politec que confirmaram conjunção carnal.

O caso foi registrado na Delegacia da Mulher 24 Horas e é investigada.

A Polícia Civil já está em posse de imagens de câmera de segurança de casas vizinhas que devem auxiliar no reconhecimentos dos estupradores.

Veja Mais

2 comentários em “Grupo de haitianos estupra idosa de 60 anos no bairro Pascoal Ramos”

  1. Ralph disse:

    Gostaria de saber no mínimo 3 palavras na idioma deles que a vítima conseguiu pra provar que foram Haitianos , se a vítima afirmou que foram na idioma deles, com certeza ela saber no mínimo algumas palavras .

    Antes de publicar uma informação, é necessário ter no mínimo 50 % de certeza.

    Não estou defendendo ninguém , más , vamos supor que não foram Haitianos ,e aí cadê a prova de acusação ???

    (A vítima não soube reconhecer os estupradores, mas afirmou que eles eram haitianos, pois falavam no “idioma deles”.)

    Eles falavam qual idioma ??
    Eles falavam o que ??

    Que a justiça seja feita !!

  2. Max disse:

    Eu acredito que é importantíssimo aprender o básico do português primeiro antes de escrever merda sobre os haitianos. Grato!!!!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *