https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2021/05/ceadas.jpeg

TERCEIRO TURNO

Ceadas de Rondonópolis amplia atendimento

IZABEL TORRES COM ASSESSORIA
[email protected]

Foto assessoria

Com a proposta de ampliação no atendimento na saúde, a prefeitura de Rondonópolis iniciou nesta terça-feira (11) o terceiro turno no Centro de Especialidades Apoio e Diagnósticos Albert Sabin (Ceadas).  A medida visa atender os pacientes com consultas com especialistas, com isso, o município espera acelerar a fila de pessoas que aguardam médicos especialistas e ainda diminuir o fluxo de pessoas durante o dia na unidade.

O Ceadas atende aos pacientes com dia e horários previamente agendados e no período noturno vai receber aqueles que aguardam por uma consulta com profissionais especializados em cardiologia, neurologia e também doenças vasculares. Médicos especialistas de outras áreas já estão sendo contactados pelo município para também aderir ao terceiro turno.

Dentre os fatores que levaram o município a oferecer o novo horário de atendimento está o aumento da demanda em busca de especialistas por pacientes que se curaram da covid-19, mas estão apresentando sintomas de outras doenças que podem ter sido causadas pelos efeitos da covid. A abertura para atendimento à noite beneficia ainda muitos trabalhadores que não conseguem deixar o serviço para a consulta.

A expectativa do coordenador do Ceadas, Marcos Kouiti Sakamoto Kikuta, é aumentar o número de pacientes atendidos no mês em até 400 pessoas. “Inicialmente vamos começar com cardiologista, vascular e neurologista que são as maiores demandas por conta dos reflexos da covid. Mas já estamos em conversa com outros especialistas para complementar esses atendimentos”, comenta.

Marcos Kikuta ressalta que é muito importante que os pacientes agendados compareçam às consultas e caso desistirem avisem com antecedência à unidade que marcou a consulta para que outra pessoa possa ser atendida evitando falhas na agenda dos médicos e agilizando a fila de espera das consultas. Somente em março desse ano, o Ceadas registrou a ausência de 1600 pessoas entre consultas e exames especializados.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 11 de maio de 2021 às 19:52:45