https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2021/05/cf76dca86fd8d11ac98aa38c3851c652.jpg

PRESIDIO FEMININO

Mãe que matou e esquartejou bebê ficará isolada para não ser morta em presídio

DA REDAÇÃO/ MATO GROSSO MAIS
[email protected]

A mulher identificada Ramira Gomes da Silva, de 22 anos, que confessou o assassinato e esquartejamento do próprio filho, Brian da Silva Otoni, de apenas 5 meses, segue em isolamento desde a última segunda-feira (24), quando foi transferida para a Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May, em Cuiabá.

Inicialmente, o isolamento da assassina é em cumprimento de protocolo de segurança contra a covid-19, quando Ramira deve passar por exame da covid e ficar isolada em quarentena por 15 dias.

Porém, mesmo após esse período de quarentena, o tempo de isolamento pode ser maior já que o crime que cometeu gerou revolta e comoção social, que não é aceito nem mesmo dentro das unidades prisionais.

O Delegado Getúlio José Daniel, que esteve à frente das investigações, e deve concluir o inquérito nesta quinta-feira (27) e entregar para análise do Ministério Público (MP), comentou que a partir do momento que Ramira chegasse à penitenciária a integridade física dela estaria em risco, pois, as demais detentas provavelmente tentariam matá-la pelo comportamento brutal que culminou na morte do bebê Bryan.

No entanto, o delegado explicou que essa avaliação, se Ramira ficaria isolada ou não das outras presas após a quarentena da covid, fica sob responsabilidade da direção do presídio.

Sendo provavelmente inserida à ala identificada como “seguro” onde ficam os homossexuais, travestis, criminosas que cometeram crimes como estupro e pedofilia.

No entanto, o portal informou que a Sesp ressaltou que a integridade física de Ramira não está fora de risco nem mesmo nesta ala de segurança da penitenciária devido a revolta causada nas demais presas

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 27 de maio de 2021 às 13:11:00