https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2021/06/FAMOSOS.jpg

EM VÁRZEA GRANDE

Universitários bolam trote solidário com apoio de famosos

Reprodução

Estudantes da faculdade de medicina da Universidade de Várzea Grande (Univag), tiveram a ideia de realizarem um trote solidário juntamente com a campanha “Junho Vermelho” divulgada pelo Hemocentro de Mato Grosso.

Aproveitando o sucesso da gincana da Fundação Getúlio Vargas (FGV), no início do ano, a qual inseriu famosos na brincadeira, o Centro Acadêmico XII organizou um incentivo à doação de sangue, a qual teve o apoio de famosos.

A presidente do Centro Acadêmico, Bárbara Coelho, que está no 8º semestre, explicou que em virtude da pandemia da covid-19, a universidade acabou tendo um maior distanciamento dos alunos. Na tentativa de reafirma essa união, aliado ao Junho Vermelho, os estudantes tiveram a ideia de realizar os “jogos hematológicos”.

O Hemocentro-MT está com estoque de bolsas de sangue em baixíssimos níveis desde o início da pandemia, uma vez que as pessoas têm receio de fazer a doação. O trote solidário tem apoio ainda da Federação Internacional de Associações de Estudantes de Medicina (IFMSA-Brazil) de Várzea Grande e a Atlética Isquemia.

“Pensamos em uma campanha solidária, que fosse reunir as 11 turmas de Medicina, e começar uma ‘disputa’ solidária em qual turma arrecadaria mais sangue para o Hemocentro”, relata.

A competição foi organizada através da soma de pontuações. A turma que mais arrecadasse doadores, ganharia. “Fizemos vários títulos de pontuação entre os alunos. Se alguém conseguisse um vídeo de um professor, pontuava”, explica.

Foi nesse momento que os famosos passaram a fazer parte do jogo, trazendo mais repercussão para a campanha. Em março deste ano, calouros da FVG viralizaram após conseguirem vídeos de apoio à sua turma, durante um trote, de diversas celebridades.

Na campanha da universidade mato-grossense, participaram os cantores sertanejos Rodolffo, Zé Neto, Fabiano Menotti, além do atores Evandro Mesquita e Otaviano Costa. Inclusive, o ator e humorista Gregório Duvivier, só decidiu participar dos jogos da Univag porque a intenção era para o bem.

A adesão foi tamanha que Bárbara conta que os agendamentos do Hemocentro lotaram na primeira semana. “A gente ainda não tem ideia de quantas bolsas vamos ter, mas o Hemocentro disponibiliza 80 vagas por dia, o que resulta em 400 doações por semana, mais ou menos”, calcula.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 9 de junho de 2021 às 21:09:58