https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2021/06/8bba5bad51abd79990083772d5720e49.jpg

Governo de MT - MT Mais Social - Setembro

COMBATE AO CORONA

Emanuel diz que depende do repasse de doses para ampliar vacinação

DA REDAÇÃO / MATO GROSSO MAIS
[email protected]

Luiz Alves

“Dependo de uma sinalização do Governo Federal porque nós não produzimos vacina”, argumentou o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, ao ser questionado, sobre a previsão de finalizar a vacinação contra a Covid-19 nos adultos acima de 18 anos. Ainda segundo o gestor, o desejo é de imunizar toda a população, mas a demanda esbarra no envio de doses. Pelo Plano Nacional de Imunização somente o Governo Federal é responsável pela aquisição e, posterior envio aos Estados que fazem a distribuição aos municípios.

O chefe do executivo municipal destacou que a capital tem aplicado com agilidade todo o imunizante que tem chegado. “Cuiabá é um exemplo de aplicação das doses de vacina, tanto é que em termos de primeira dose, temos pouco mais de 40% da população vacinada e estamos imunizando rapidamente com a segunda dose os grupos prioritários. As vacinas dependem do repasse do Governo Federal, que passa para o governo do Estado, que distribui para os municípios”, argumentou Pinheiro.

Em Cuiabá, até a manhã de hoje (28), já foram aplicadas mais de 205 mil vacinas só de primeira dose e mais de 270 mil somando o número de aplicações de primeira e segunda dose.  Os dados são do Localiza Sus, sistema do Governo Federal que contabiliza as imunizações realizada em todo o país.

Emanuel Pinheiro reiterou que ainda aguarda uma  resolução por parte do Governo Federal quanto ao pedido de reforço por doses em decorrência da realização dos jogos da Copa América, em Cuiabá. “Nos reunimos, eu e o deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, o Emanuelzinho, com o presidente Jair Bolsonaro, com o ministro da Saúde e com o general chefe da Casa Civil. Permanecemos na expectativa de que a capital tenha um número ampliado para garantir a imunização em tempo célere de nossa população”.  A capítal disponibiliza cinco polos de vacinação: estacionamentos da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. UFMT, Sesi Balneário e Senai Porto (na avenida XV de Novembro).

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 28 de junho de 2021 às 19:05:16
  • 28 de junho de 2021 às 19:04:28