https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2021/12/WhatsApp-Image-2021-12-09-at-13.58.28-1.jpeg

INDICAÇÃO PARLAMENTAR

Sargento Vidal pede reabertura do Restaurante Popular em Cuiabá

Reprodução

O vereador Sargento Vidal (Prós) apresentou durante a sessão ordinária desta quinta-feira (09.12), na Câmara de Cuiabá, uma indicação pedindo a reabertura do Restaurante Popular no Centro da Capital. Além disso, o parlamentar sugeriu que o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) crie um programa credenciando restaurantes como Restaurante Populares em pelo menos 10 bairros mais populosos para ajudar pessoas de baixa renda.

Vidal busca atender os moradores de bairros mais distantes da região central de Cuiabá como Pedra 90, Osmar Cabral, Porto, Jardim Vitória, Santa Izabel, Santa Rosa e o próprio Centro Político Administrativo que muitas vezes não tem tempo para se locomoverem até a região central para ter uma refeição mais económica, além do fato de que o translado acarreta em mais gastos aos trabalhadores.

“Gostaria de chamar aqui não somente o prefeito Emanuel Pinheiro, mas também a primeira-dama Márcia Pinheiro que desenvolve várias ações sociais, para que atendessem essa indicação fazendo o credenciamento de pelo menos 10 restaurantes já existentes nos bairros mais populosos como Restaurante Popular onde o cidadão possa pagar de 20%, 30% ou 50% e o restante seja subsidiado pela prefeitura “, pontuou o parlamentar.

O Restaurante Popular que fica localizado na Avenida Barão de Melgaço, no Centro, foi fechado no dia 23 de março de 2020 por conta da Covid-19. No local, diversos trabalhadores, pessoas de baixa renda, estudantes e até mesmo moradores de rua faziam suas refeições no horário do almoço por conta do baixo valor cobrado e de fácil acesso à população.

“O objetivo é oferecer refeições nutricionais balanceadas e seguras com todos os nutrientes indispensáveis para uma nutrição saudável aos trabalhadores formais e informais (ambulantes), autônomos, desempregados, estudantes, aposentados, moradores de rua e famílias carentes, trabalhadores comerciários e da construção civil, idosos, agricultores, preferencialmente pessoas de baixa renda que se encontram em estado de insegurança alimentar”, diz trecho do documento.

O vereador considerou o custo de vida elevado que a população vem vivenciando, diante do aumento dos valores dos itens de cesta básica, por conta da pandemia e analisou o poder aquisitivo da massa trabalhadora.

“Esse projeto é de uma tremenda oportunidade da prefeitura criar um importante Projeto de inclusão social nos bairros de Cuiabá, atendendo milhares de trabalhadores que recebem salários mínimos ou até mesmo vivem apenas com a ajuda do Governo Federal”, frisou Vidal.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *