https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2022/03/cab2581e7089065dbae484bea34f9f9f.jpg

TRABALHO E COMPROMISSO

Secretário de Governo inicia diálogo com Fórum Sindical Municipal sobre pagamento da RGA

Luiz Alves

O secretário de Governo de Cuiabá, Luís Cláudio de Castro, se reuniu nesta sexta-feira (11), com representantes do Fórum Sindical Municipal, a pedido do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, para começar as tratativas sobre o pagamento da  Revisão Geral Anual (RGA), dos últimos três anos aos servidores do município.
O prefeito estava proibido de conceder a RGA  devido a Lei Complementar  173/2020 que proibiu a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios afetados pela calamidade pública decorrente da pandemia da Covid-19, até 31 de dezembro de 2021, de conceder, aumento, reajuste ou adequação de remuneração a servidores.
Nas próximas reuniões, conforme explicouo secretário, o prefeito irá avaliar o reajuste de acordo com a inflação registrada no país com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (INPC/IBGE).
“Essa é a primeira reunião com o Fórum Sindical Municipal para tratar sobre  as discussões do pagamento da RGA que estava suspensa por causa da Lei 173/2000. O  prefeito Emanuel já propôs para as categorias que  irá pagar e que é o um compromisso de sua gestão. Por determinação dele, nos reunimos com o Fórum Sindical Municipal  para  começar o início das discussões da busca do índice a ser aplicado neste ano.  O  prefeito está sensível à causa, e  o servidor sempre estiveram ao lado do prefeito e não atrás ou na frente. A Prefeitura vai trabalhar o máximo para cumprir a sua obrigação, sempre com base no  respeito ao servidor e conceder-lhe o que é de direito. Tudo isso será feito  dentro da LRF- Lei de Responsabilidade Fiscal e da capacidade de pagamento do município “, comentou Luís Claúdio.
O vice-presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros e coordenador do Fórum Sindical de Mato Grosso, Antônio Wagner Oliveira, comentou  a decisão do prefeito e sugere que demais gestores sigam o exemplo.  “O  Emanuel sempre tratou o servidor com respeito e com diálogo, e é isso que se espera de um bom gestor público, pois, ele sabe que, quem atende a população na ponta somos nós. Isso demonstra, mais uma vez, que Emanuel não fica usando palavras, de que respeita os servidores, ele faz. Essa negociação é fundamental para que tenhamos os nossos direitos garantidos.  Com o pagamento da RGA, todo o setor econômico se beneficia, pois, isso movimenta o comércio, o turismo, serviços e ainda, gera empregos”, disse.
Conforme o prefeito Emanuel Pinheiro,  em live nas redes sociais na última terça-feira (8), a demanda foi encaminhada ao Comitê Técnico de Ajuste Fiscal (Cotaf) para que seja realizado um levantamento.
Participaram da reunião representantes das categorias: 
SINAFIT Sindicato dos Auditores Fiscais e Inspetores de Tributos de Cuiabá – presidente José Luiz Pacheco
SINDARF- Sindicato de Regulação e Fiscalização do Município de Cuiabá – presidente – José Mário de Assunção
 SINODONTO-MT-  Sindicato dos Odontologistas do Estado de Mato Grosso   –   Rosana Cristina Figueiredo de Moraes
SINATTRAC – Sindicato dos Agentes de Trânsito e Transporte  de Cuiabá – presidente Ademir de Arruda e Silva
SISPUMC – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Cuiabá – Jaime Neves Metello
SINPEN- Sindicato dos Profissionais de Enfermagem de Mato Grosso – Presidente Dejamir Souza Soares
CSB/MT – Central dos Sindicatos Brasileiros  – vice-presidente Antônio Wagner Oliveira
SINDES – Sindicato dos Servidores Públicos Estaduais da Carreira dos Profissionais de Desenvolvimento Econômico Social –   Diretor Agmar Siqueira
COTAF –  Comitê de Ajuste Fiscal

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *